Miguel Crespo – O sonho de uma vida

Nome: Miguel Crespo da Silva

Data de nascimento: 11/09/1996 (20 anos)

Nacionalidade: Português/ Francês

Peso: 74 kg

Altura:  1,83 m

Posição: Médio centro

Número: 13

Hoje falamos de Crespo. Não o argentino, mas sim um português. Miguel Crespo da Silva é um jovem médio centro que joga no Merelinense Futebol Clube. E desengane-se quem pensa que só tem apelido de craque. O “miúdo” joga mesmo muito.

Durante esta época, Crespo tem ocupado um lugar de destaque na excelente prestação da formação de São Pedro de Merelim. Recorde-se que a equipa do concelho de Braga disputa, amanhã, a segunda partida dos playoffs de acesso à Segunda Liga.

Crespo é um médio que impressiona pela sua capacidade física e pela intensidade que impõe ao jogo. O luso-francês é uma das maiores promessas a atuar no Campeonato de Portugal. A leveza com que se movimenta dentro de campo, bem como a capacidade de passe e facilidade de remate colocam este jovem nas bocas dos verdadeiros fãs da modalidade.

Uma paixão que dá insónias… 

Se há alguém viciado em futebol, esse alguém é Miguel Crespo. Em conversa com o AMBIDESTRO revelou que o desporto rei é mais que uma paixão. “Definir o amor ao futebol numa frase? É impossível“, afirmou. “No ano passado, no início de dezembro lesionei-me. Tive de parar de jogar sete a oito semanas. Nunca me tinha acontecido. Ao fim da sexta semana sem jogar, já não conseguia dormir, acordava a meio da noite, sonhava em voltar a tocar na bola, em sentir a bola a deslizar na relva… sentia mesmo falta de jogar, de competir, de ganhar“.

Para Crespo, o futebol é como um vício ou uma necessidade básica. Acha que estou a exagerar? “Futebol é como respirar ou comer, preciso dele para viver bem, viver satisfeito e feliz”, admitiu o jovem jogador.

No Merelinense sonha acordado… 

Em Merelim, Crespo está a viver o sonho. Uma utopia que nasceu com ele e que o tem acompanhado na sua (ainda) curta caminhada. Porquê tamanho sucesso em Merelim? Ele explica. “Essa é uma boa pergunta, eu acho que a principal diferença foi a estrutura do clube. O Merelinense nunca deixou que me faltasse nada, eu só tenho de me preocupar em jogar. Claro que tenho que destacar os meus colegas de equipa que sempre foram impecáveis, competitivos e me motivam todos os dias. Este grupo é a equipa com mais qualidade com quem já joguei, também por isso me tenha sobrevalorizado”.

O jogo do tudo ou nada… 

Amanhã o coração vai bater forte. O Merelinense enfrenta, em casa, o Académico de Viseu, num jogo a contar para a segunda mão dos playoffs de acesso à Segunda Liga. A equipa de Crespo tem uma desvantagem de dois golos (perdeu fora por 2-0), mas isso não assusta o médio de 20 anos. “Nervoso? Nada. Adoro estes jogos, estes ambientes. É maravilhoso”. Confia nas suas capacidades e na equipa. No final do jogo acredita que vai ter motivos para sorrir. “Toda a gente acredita que é possível dar uma reviravolta no resultado. Vai ser um jogo complicado, temos noção disso, mas vamos entrar para ganhar, assumir o jogo e certamente acabar a festejar”.

Depois de amanhã? Tudo muda, nada muda. 

O foco está no jogo de amanhã. Só a vitória interessa. O que poderá mudar depois do jogo de amanhã? “Ui… isso não sei, temos o objetivo de subir este ano, se o conseguirmos vai ser um feito mágico, lindo. Depois disso é descansar e ir de férias, para repousar para o início da próxima época”, esclareceu. O que não muda? Bem… isso meus amigos, eu sinto-me à vontade para responder pelo Crespo:  a entrega, dedicação, empenho e amor ao futebol.

Chegado ao Merelinense FC no início da temporada, proveniente do Neves FC, clube que integra a 1ª divisão da AF Viana do Castelo, está a cumprir apenas a sua segunda época como sénior. Ao serviço do clube do distrito de Braga soma 35 jogos e nove golos. Uma marca impressionante tendo em conta que atua preferencialmente como “oito” e tem apenas 20 anos. Fiquem atentos. Afinal, Portugal também tem um Crespo, mas este espalha magia no meio-campo.

Fora das quatro linhas 

Músicos favoritos: Ed Sheeran e James Arthur

Comida favorita: Esparguete à bolonhesa

Hobbies: Amigos, descontrair e passear

Talento escondido: Lavar louça

Jogadores favoritos: Modric e Mousa Dembélé

 

—————————————————

Em meu nome pessoal quero agradecer a disponibilidade e simpatia do Miguel Crespo. Desejo-te as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Também quero agradecer à Mariana Ferreira que teve um papel importante neste trabalho.

Junte-se a nós no facebook em AMBIDESTRO.

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

Deixe uma resposta