Corinthians se coloca como favorito: a 5ª rodada do Brasileirão

O último a se manter invicto é o líder, e os únicos que ainda não venceram amargam o fundo da tabela. Assim terminou a 5ª rodada do Campeonato Brasileiro na segunda-feira, 9 de junho, com o Corinthians se confirmando como um time sólido que deve brigar pelo topo até o fim da temporada, e com três rubro-negros habitando a zona de rebaixamento – Vitória, Atlético-PR e Atlético-GO, de baixo para cima.

O Corinthians bateu o Vasco da Gama fora de casa por surpreendentes 5 a 2. Depois de fazer um primeiro tempo tipicamente corintiano, seguro na defesa e contra-atacando para abrir 2 a 0, o time voltou para o segundo tempo e encontrou um Luís Fabiano inspirado que empatou o jogo em menos de 4 minutos. Passado o susto, voltou a jogar de forma tranquila e construiu o resultado final.

Para quem acompanha o Corinthians do técnico Fábio Carille desde o começo do ano, a liderança não é uma surpresa. Assim como Tite, Carille começou a construir o esquema alvinegro pela defesa, e em pouco tempo deu segurança na parte de trás da equipe a partir do comprometimento coletivo com a marcação – outra marca do atual treinador da Seleção.

O Corinthians de 2015, embora tivesse um elenco mais qualificado que o atual, passou pelo mesmo processo. Dificilmente ganhava por mais de um gol de diferença, mas raramente levava gol. Nas primeiras cinco rodadas, por sinal, acumulava duas vitórias por 1 a 0, um empate sem gols e duas derrotas – uma delas para o Palmeiras.

Foi na 13ª rodada do campeonato que o Corinthians viveu seu divisor de águas, batendo o Flamengo por 3 a 0 no Maracanã. A partir de então, a equipe começou a melhorar sua produtividade ofensiva a ponto do contestado Vágner Love se tornar o grande artilheiro do time campeão nacional. Em 2017, o processo parece ser o mesmo – e, até agora, é até mais ligeiro.

É certo que os piores confrontos ainda estão por vir, mas a solidez impressiona tanto quanto a qualidade do Grêmio, que bateu a Chapecoense fora de casa por 6 a 3 e assegurou a vice-liderança.

Outros destaques da rodada

Enquanto isso, o São Paulo recebeu o agonizante Vitória no Morumbi e venceu por 2 a 0, em boa partida do atacante Lucas Pratto, e subiu para o sétimo lugar. Já o Flamengo volta de Recife com uma derrota por 2 a 0 para o Sport após um jogo apático e que aumentou ainda mais a desconfiança com o goleiro Muralha, que falhou no primeiro gol.

A 6ª rodada começa no sábado, quando o Palmeiras tenta voltar a vencer recebendo o Fluminense – são apenas quatro pontos em cinco jogos para o atual campeão. Outro jogo para ficar atento é o clássico Majestoso entre Corinthians e São Paulo – o tricolor tenta vencer o Timão pela primeira vez na nova Arena.

Rafael Almeida

Rafael é brasileiro e acompanha futebol há tanto tempo que nem se lembra. Se interessa também pela política do esporte e pelas suas dimensões socio-culturais. É formado em Relações Internacionais pela Universidade de São Paulo e atualmente estuda jornalismo, sendo também parte da equipe de um jornal digital no Brasil, onde escreve sobre política internacional.

Deixe uma resposta