CD Aves é o anfitrião do inicio da Liga NOS. Que inicie o espetáculo.

Estamos a escassas horas do apito inicial para a primeira de trinta e quatro jornadas, da Liga NOS 2017/2018. O estádio de Vilas das Aves, será o palco anfitrião do primeiro jogo, com o clube local, a receber pelas 18 horas, o Sporting Clube de Portugal num ambiente que se espera, de festa e euforia pelo regresso dos visitados ao escalão maior do futebol.

O Clube Desportivo das Aves como recém promovido, traz a motivação de um clube que quererá desde o inicio, traçar um caminho que os possibilite garantir a manutenção ainda assim, na minha opinião, o clube orientado por Ricardo Soares tem potencial quanto baste para, fazer mais que lutar pela manutenção. Arrisco-me a dizer que o clube de vila das aves, poderá ambicionar uma espreitadela aos lugares da Europa.

Ricardo Soares, tem um plantel muito experiente com uma média de idades a rondar os 28 anos. O clube tem como suporte financeiro, um grupo chinês que não quis deixar os seus créditos por mãos alheias e com a subida de divisão, fez 26 reforços, sim 26…. Dentro do plantel, destaco Alexandre Guedes, um atacante formado no Sporting que tem a responsabilidade de fazer abanar as redes adversárias. O clube leonino, fez chegar a título de empréstimo, dois médios, o escocês Ryan Gauld  e Mama Baldé.

O tetra campeão Benfica, foi o principal fornecedor de talentos ao clube nortenho, com especial destaque para os empréstimos destes aos avenses, do médio Carlos Ponck, dos avançados Salvador Agra e mais recentemente, o colombiano Arango. Rumaram da luz para o aves a título definitivo, o junior lateral esquerdo Ricardo Mangas e Derley.

Nomes sonantes ao serviço de um técnico revelação que vai certamente, provocar muitas dores de cabeça aos adversários. No plantel nortenho, não podemos ignorar a experiência do homem que estará entre os postes e será uma barreira difícil de transpor, o guardião Quim de 41 anos, dará substancia defensiva a um plantel muito interessante de seguir.

Nas hostes leoninas, a esperança volta a apoderar-se do clube e dos seus adeptos. Depois dos diversos testes de pré-época com sucessivas mudanças estratégicas no plantel, os leões fizeram os jogos do defeso com o plantel quase fechado, o que permitiu ao técnico construir uma equipa muito coesa e entrosada que terá de dar frutos no jogo desta tarde. Jorge Jesus, tem à sua disposição, todo o plantel com a excepção de Alan Ruiz, a recuperar de um entorse no tornozelo. O técnico dos leões tem excelentes opções para as diversas posições. No que concerne aos reforços, destaco no eixo defensivo, a vinda de Fábio Coentrão e de Jérémy Mathieu, com um meio campo de luxo a ter especial destaque, a revelação Bruno Fernandes e Rodrigo Battaglia. Na frente de ataque, a confirmação do valor de Daniel Podence e do incontornável Bas Dost. Nas alas, o argentino Marcos Acuña e a criatividade de Gelson Martins vão trazer certamente, muitos momentos de magia em sintonia com Seydou Doumbia. Não obstante das contratações, terá o contributo valiosíssimo na baliza do titularíssimo Rui Patrício e do central Coates, com a dupla Adrien Silva e William Carvalho a sustentarem um meio campo maduro com João Palhinha a aumentar os índices de concorrência.

Dois conjuntos com ambições diferentes mas estou ciente de que, o primeiro jogo do campeonato, será o pontapé de saída para uma liga que se espera competitiva e com fair play.

Deixemos o acessório e foquemo-nos no essencial, os jogadores.

Eles são o alvo do espetáculo.

É por eles que enchemos os estádios.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta