Jardim deixou Mbappé de fora contra o Dijon, saiba porquê

O Mónaco bateu o Dijon por 4×1, em jogo a contar para a Ligue 1, em que o grande destaque dentro de campo foi o hat-trick de Falcao… e a ausência de Mbappé, relegado ao banco do suplentes durante todo o encontro, numa altura em que é fortemente desejado por PSG e Real Madrid.

Leonardo Jardim, atual treinador do campeão francês, explicou a ausência do menino-prodígio Kylian Mbappé durante o último encontro dizendo que foi uma “decisão do clube”: “Foi uma decisão do clube e quando digo clube, digo quem toma decisões aqui. Como o jogo foi ficando mais fácil, dei minutos a outros jogadores porque todos devem estar preparados para jogar. A partir do próximo mês temos a Champions e vamos precisar de todos eles”

Quanto ao jogo, o Mónaco teve dois portugueses no onze inicial, Moutinho e Rony Lopes, tendo Gil Dias entrado ainda no decorrer do jogo. O médio português ainda fez uma assistência para o segundo golo da equipa, de Jemerson, num jogo dominado por Radamel Falcao que apontou três golos, tendo o tento de Wesley Said servido de consoloção para o modesto Dijon.

 

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.

Deixe uma resposta