Medina trocou Real Madrid pelo Benfica, para dar um passo em frente na carreira

O mexicano Paolo Medina, saiu do Real Madrid para reforçar os juniores do SL Benfica. Em entrevista ao jornal Marca, o jovem lateral direito evidenciou o seu entusiasmo com a transferência.

O reforço do clube encarnado mostrou a sua convicção alegando que: “a mudança é um passo em frente na carreira, apesar de muitos pensarem o contrário”.

O contentamento apoderou-se do atleta: “Estou muito feliz por estar aqui, a viver num país que eu gosto muito”, disse o mexicano, em entrevista à Marca.

Medina acrescentou ainda que:  “A transferência, foi a melhor decisão que poderia ter tomado, precisava de um processo de adaptação de alto nível e tenho certeza de que o Benfica mo pode dar”.

Quando confrontado com os seus compatriotas a actuarem em Portugal, o jovem de 18 anos, destacou dois: Miguel Layún do FC Porto e Raul Jimenez, do Benfica.

O mexicano salientou que o avançado Jimenez: “É um jogador que admiro muito, um grande avançado, com muita garra que representa os valores do México”, o jovem prosseguiu convicto: “Vou aprender com os jogadores que estão na primeira equipa, não só Raúl. Vamos ver se no futuro, se chega a minha oportunidade de ser seu companheiro de equipa», completou.

Sobre o portista Layún, Medina considerou: “Conheci-o quando estivemos no Porto com a seleção e até tirei uma fotografia com ele. Adaptou-se bem ao futebol europeu. Agora estamos perto e identifico-me muito com ele, é um jogador muito bom, com muitas qualidades, um grande lateral, muito forte no ataque.”

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta