Sporting mantem invencibilidade na Liga, com vitória sofrida diante o Feirense.

O Sporting viajou até Santa Maria da Feira para defrontar esta noite, o Feirense, dando assim, o pontapé de saída para a 5º jornada da Liga NOS. Os leões venceram os locais pela vantagem mínima (2-3), sendo que, o golo da vitória do clube de Alvalade, foi alcançado no ultimo minuto do tempo de compensação por intermedio de um pontapé de penalti com assinatura de Bas Dost.

Os leões estiveram a vencer por 2-0, deixaram-se empatar a dez minutos dos 90, para depois conseguirem o quinto triunfo consecutivo na Liga.

Após uma primeira parte, parca em ocasiões de golo, com a excepção feita através de Farias que roubou a bola a Mathieu que obrigou Patrício a negar o golo da equipa da casa. Nos primeiros 45′ assistimos a um Feirense muito organizado mas com transições ofensivas lentas. Do lado da equipa de Alvalade, os pupilos orientados por Jorge Jesus, entraram melhor no jogo, mostrando mais caudal ofensivo até que, aos minuto 23, uma lesão de Piccini, obriga o mister leonino a mexer na equipa recuando Battaglia para o lado direito da defesa, fazendo entrar Alan Ruiz. Os lideres do campeonato, perderam consistência no meio campo e o jogo ficou mais equilibrado ainda que, sem grandes intervenções dos guardiões.

No regresso para a etapa complementar estava reservado uns 45 minutos, repletos de emoção com 5 golos a fazerem abanar as redes.

O Sporting entrou mais forte e mais decidido em conquistar os três pontos. Coates inaugurou o marcador aos 62 minutos depois de defesa incompleta de Caio e o central leonino na recarga, remata para o primeiro da partida. Apenas dois minutos mais tarde, foi a vez de Bruno Fernandes, receber um cruzamento longo de Gelson Martins e o médio leonino, faz um bonito chapéu ao guardião do Feirense, aumentando a vantagem dos lisboetas.

Os leões pouco tempo tiveram para respirar do festejo, quando o recente reforço do conjunto de Nuno Manta Santos, reduziu a vantagem aos 69′.  João Silva relançou o jogo, tornando-o mais dividido e bem disputado.  Aos 80′, Etebo  fez o estádio explodir de alegria, estabelecendo o empate. O jogo estava frenético e o coração jogava mais que a cabeça, a disciplina táctica já não imperava de ambos os lados e a emoção era a palavra de ordem.

Os homens da casa, aos 84′, mexem no banco (sai Paraíba, entra Hugo Seco) e no minuto seguinte, Jorge Jesus refresca o ataque leonino com mais intensidade, impondo duas alterações (sai Acuña, entra Doumbia; sai Alan Ruiz, entra Iuri Medeiros).

O árbitro Artur Soares Dias, concedeu 6 minutos de compensação e quando tudo parecia encaminhado para o empate, o Sporting beneficiou de um penálti, que Bas Dost converteu de forma eximia acabando por gelar as hostes da equipa da casa.

O Sporting mantem a invencibilidade na Liga, impondo a primeira derrota ao Feirense que, teve sempre uma postura digna, sempre de frente para o jogo, nunca dando o resultado como adquirido. Mais uma vez, Nuno Manta Soares demonstrou ter uma equipa com condições para lutar pelos lugares de acesso a Europa.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta