VÍDEO: Pietro Pellegri bisa e pai emociona-se no banco do Génova

Este talvez seja o momento mais especial de todos os jogos do fim-de-semana.

Na partida de ontem, que colocou frente a frente, SS Lazio e o Genoa FC, no estádio Luigi Ferraris, aos 33 minutos, quando a Lazio vencia por 0-1, o treinador do Genoa, Ivan Jurić, lançou Pietro Pellegri em campo.

Tudo normal, se Pietro não tivesse apenas 16 anos (sim, leu bem… 16 anos). Recorde-se que em Dezembro de 2016, a poucos minutos do final da partida entre o Torino FC e o Genoa, aos 15 anos de idade, Pietro entrou pela primeira vez em campo num jogo da Série A e igualou o recorde estabelecido em 1937 pelo futebolista da AS Roma, Amedeo Amadei.

Pietro ainda é um miúdo. Nasceu no dia 7 de Março de 2001… mas ontem, dentro de campo, comportou-se como gente grande. Aos 57 minutos empatou o jogo, Ciro Immobile voltou a colocar a Lazio na frente do marcador aos 70′, mas três minutos depois, Pietro voltou a marcar.

Um golo ainda dá para aguentar… dois, já é pedir demasiado. O seu pai, que faz parte da equipa técnica do Génova e estava no banco de suplentes, não conseguiu controlar a emoção.

Obviamente, este jovem jogador é uma grande promessa do Génova e do futebol italiano.

Com a emoção do momento Pietro não se apercebeu que o pai chorou. Contudo, após o final da partida, quando falava na flash interview sobre o jogo, foi confrontado com as imagens da emoção do seu pai.

E aí foi ele que não se aguentou.

 

https://www.youtube.com/watch?v=bvo5eoaQ0UE

Um momento para mais tarde recordar. Futebol não são só 11 jogadores atrás de uma bola… é muito mais que isso.

 

 

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

Deixe uma resposta