“Não sou pago para fazer surpresas, mas para meter a melhor equipa”

Na véspera do encontro para a 3ª jornada da Liga dos Campeões, Sérgio Conceição começou por fazer uma análise ao RB Leipzig.

É importante conhecer a dinâmica da outra equipa, quais os princípios em termos ofensivos e o que temos de fazer defensivamente para que sejamos uma equipa consistente na defesa“, afirmou o técnico português. “Assenta aí a base de um possível sucesso amanhã e, depois, teremos de explorar algumas debilidades do adversário, que também as tem, como todas as equipas”

Quando confrontado com a inexperiência da equipa alemã (estreante na competição milionária), Sérgio Conceição desvalorizou e teceu elogios ao adversário.

“Não tem muita experiência na Liga dos Campeões, mas fez grandes coisas no ano passado. É uma equipa difícil, com um nível individual acima da média e com um colectivo também muito forte. Em 21 jogos em casa perderam apenas três, num campeonato super-competitivo como o alemão. Esse tipo de situações não interferem em nada com aquilo que vai ser o jogo amanhã.”

“Sabemos que a nossa concentração competitiva tem de estar no máximo e o que fazer para causar desequilíbrios ao adversário, mas, essencialmente, sabemos o que temos de fazer como equipa. Se eles estão mais ou menos pressionado não nos interessa, o jogo é decisivo também para nós, estes três pontos são muito importantes para aquele que é o nosso objectivo, que é passar [a fase de grupos]”, declarou o treinador dos dragões.

Para finalizar, Sérgio Conceição fez referência à titularidade de Sérgio Oliveira, a “surpresa” da última jornada.

“Não sou pago para fazer surpresas, mas para meter a melhor equipa. Para muitos foi uma surpresa, porque não conhecem o nosso dia-a-dia de trabalho. Mas nós conhecemos muito bem os jogadores que temos à disposição e a forma como podemos contar com eles, a 1000 por cento, toda a gente envolvida e a querer ajudar”.

André Fernandes

Licenciado em Ciências da Comunicação pela FCSH/NOVA. Madeirense, adepto de futebol e da escrita, marcar golos na vida e chegar o mais longe possível é um dos meus objetivos.

Deixe uma resposta