Patrice Evra: um pontapé num adepto e na carreira

Patrice Evra entra na história do futebol pelos piores motivos. O lateral foi expulso antes do início do encontro entre o Vitória de Guimarães e o Marselha, ao agredir a pontapé, um adepto do seu clube.

O Marselha não tolera a atitude de Evra e pondera mesmo, despedir o lateral. A informação é avançada pelo jornal francês L’Équipe, que fala também numa sanção da UEFA que poderá implicar um longo período de afastamento para Evra.

Em comunicado, o Marselha refere ter tomado nota do incidente que ocorreu no Estádio D. Afonso Henriques e afirma ter “aberto uma investigação interna” para apurar responsabilidades. “Um jogador profissional deve manter o seu sangue frio face a provocações e insultos, por mais duros e injustificados que sejam. Igualmente, o clube não pode fazer mais se não condenar o comportamento destrutivo do pseudo adepto que insulta os seus próprios jogadores, numa altura em que todos devem apoiar a equipa”, referia o comunicado.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta