M.City completamente dominador em vitória por 3-1 contra o Arsenal

Nunca se pode prever o que vai acontecer numa partida da Premier League, muito menos num clássico entre dois dos seis grandes clubes. No entanto, pode-se dizer que não houve quaisquer surpresas no Etihad este domingo.

Na primeira parte, o jogo “só deu” City, com um Arsenal completamente apagado, deixando o adversário fazer o que queria. Eventualmente o City marcou o primeiro da partida por Kevin de Bruyne que, depois de uma tabela com Fernandinho, rematou direto às redes de Petr Cech.

O Arsenal ainda tentou voltar à partida na segunda parte, equilibrando a posse de bola e construindo jogadas com alguma qualidade. Mesmo assim, o City conseguiu ganhar um penalti ao minuto 50 que Agüero converteu no segundo da partida. Lacazette, que entrou pelo Arsenal ao minuto 57, finalmente conseguiu reduzir para 2-1, rematando à baliza depois de receber a bola de Aaron Ramsey.

O City não tardou em recuperar o controlo do jogo, pressionando alto, e, aos 75 minutos, faz o terceiro e último da partida por Gabriel Jesus, consequente de um passe de David Silva. O espanhol estava fora de jogo mas o golo foi validado.

Os citizens mantêm, assim, a liderança da Premier League, com 31 pontos.

Francisca Tinoco

Aluna do segundo ano da licenciatura de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, amante do futebol e do desporto e sonhando em poder fazer do jornalismo desportivo a minha vida.

Deixe uma resposta