Aboubakar: “O presidente do clube gosta muito de mim e o novo treinador ligou-me. Tudo isso deu-me confiança”

O camaronês Vincent Aboubakar desfruta de um período de ouro ao serviço dos dragões. O avançado do Futebol Clube do Porto, tem a marca de 14 golos apontados em 16 jogos, estando a três golos dos que conseguiu, com a camisola do Besiktas em 38 jogos.

Em declarações ao jornal camaronês Camer-Sport, o jogador confessou que: “As coisas estão, de facto, a correr-me bem. É o resultado de um trabalho que começou no Valenciennes”.

Aboubakar salientou que Sérgio Conceição foi decisivo no regresso à cidade Invicta, quando tinha em mãos, uma proposta do Marselha. “Quando fui por empréstimo para o Besiktas, confesso que nunca pensei encontrar-me numa situação daquelas. Ter sido emprestado deu-me força e convenci-me que tinha de fazer uma grande época para mostrar aos responsáveis do FC Porto que se tinham enganado. Disse-lhes que não queria voltar. No final da época não havia muitos clubes interessados, para além do Marselha, por isso decidi voltar ao FC Porto. O presidente do clube gosta muito de mim e o novo treinador ligou-me. Tudo isso deu-me confiança”, referiu o avançado de 25 anos.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta