Luís Filipe Vieira revela as decisões mais difíceis e anuncia um canal de rádio

Em entrevista à BTV comemorativa dos 14 anos na presidência do Benfica, Luís Filipe Vieira revelou algumas das suas decisões mais difíceis ao leme do clube, reforçou a aposta nas infraestruturas encarnadas e na marca Benfica.

Quanto aos maiores desafios, LFV relembrou algo que marcou o início do seu primeiro mandato: “A construção do Estádio da Luz. Ninguém acreditava que era possível, mas estava convicto que iriamos ter sucesso.”

Outra decisão difícil foi a de despedir o atual selecionador Fernando Santos, em 2007: “Ter de falar com o Fernando Santos e dizer-lhe que no dia seguinte já não seria treinador do Benfica; a outra decisão, foi, contra tudo e contra todos, a continuidade de Jorge Jesus no final da época 2012/2013.”.

Para além das questões intimamente ligadas com o plantél sénior de futebol do clube, o presidente relembra que “Todos os dias há novos projetos que nos desafiam, não só em termos desportivos, mas também em termos de infraestruturas e de afirmação da marca Benfica. Temos de concretizar tudo o que temos em mente, como por exemplo a ampliação do Caixa Futebol Campus, a Casa do Atleta, o Hotel do Benfica ou o centro de alto rendimento em Oeiras“. Para além disto, foi anunciado que, em 2018, há a intenção de criar uma rádio Benfica. O nascimento da Benfica TV aconteceu também sob o mandato de Luís Filipe Vieira, em 2008.

 

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.

Deixe uma resposta