Bernardo Silva: “Pep Guardiola quer perfeição”

Bernardo Silva está a viver um grande momento na sua carreira como parte de uma das equipas de futebol mais entusiasmantes nos dias de hoje. O internacional português, em entrevista ao jornal britânico Mirror, partilhou que está “muito feliz em Manchester” e o técnico do Manchester City, Pep Guardiola, é um dos principais responsáveis por isso.

“Um das melhores coisas de jogar para o Pep é que faz-te sentir importante”, disse Bernardo.

“Claro que vão haver sempre jogadores que jogam mais jogos que outros, mas ele faz todos sentirem-se parte da equipa. É por isso que temos um ambiente tão bom dentro do balneário. Quando não estamos a jogar, ele encontra sempre palavras para te dar confiança e segurança, para que, quando és chamado para entrar em campo, te sintas bem”, acrescentou.

Bernardo também elogiou a intensidade e a exigência do treinador dos Citizens: “Se nós marcarmos um golo, ele quer dois golos. Se nós marcarmos quatro, ele quer cinco. Quando ganhamos 10 jogos consecutivos, ele disse, ‘Muito bem – agora vamos tentar ganhar 11’. É assim que ele é. Ele quer perfeição”.

O antigo jogador do Benfica confessou que gostaria de jogar mais, mas que sabe que ainda é um jogador jovem com muito para aprender. Para Bernardo, a forma em que a competição que encontra dentro da equipa se tem apresentado justifica que Guardiola não queira fazer mudanças na equipa.

“No meio-campo, o Kevin (De Bruyne) e o David (Silva) estão a fazer épocas incríveis. E depois há o (Raheem) Sterling e o (Leroy) Sane a jogar sobre as alas e a marcar tantos golos magníficos. Esses jogadores têm contribuído tanto que eu me apercebi que tenho de ser paciente e continuar a trabalhar nos treinos. Eu ainda sou um jogador jovem, ainda tenho muito que aprender e irei continuar a contribuir da melhor forma para ajudar a equipa”, afirmou.

Quando questionado sobre a sua nova cidade, o médio, que se mudou para Manchester no verão, brincou, dizendo que a cidade inglesa lhe lembra Lisboa, “com exceção do tempo e das praias”.

“Antes de aqui chegar, toda a gente me disse, ‘Manchester é uma cidade péssima, vais-te fartar ao fim de dois meses’. Mas eu acho que é um ótimo sítio para se viver. Eu vivo no centro, por isso nunca me aborreço. Tenho as lojas todas, os bares, os restaurantes, e há sempre entretenimento”, acrescentou.

Bernardo partilhou, ainda, o seu desejo de terminar o seu primeiro ano em Inglaterra da melhor forma. Com um lugar na final da Taça da Liga Inglesa, uma liderança confortável no campeonato, e ainda na luta pela Taça de Inglaterra e a Liga dos Campeões, o Manchester City sonha com a possibilidade de fazer história ao conquistar quatro títulos numa só temporada.

Para o internacional português vai ser “muito difícil”, mas garante que, para a equipa de Guardiola, todos os troféus são importantes e que vão tentar ganhar os quatro.

Francisca Tinoco

Aluna do segundo ano da licenciatura de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, amante do futebol e do desporto e sonhando em poder fazer do jornalismo desportivo a minha vida.

Deixe uma resposta