Mathieu à ponta de lança coloca o leão na liderança

O Sporting venceu o Vitória de Guimarães por 1-0, e é o novo líder da Liga Portuguesa. Mathieu apontou o golo da vitória após um cruzamento de Acuña, e festejou o seu segundo golo no campeonato.

Os leões entravam para este jogo com a possibilidade de ascender à liderança, e tal feito mexeu com a equipa, que apesar de ter demonstrado vontade e intensidade, esbarrava na boa organização defensiva minhota. Jorge Jesus, apresentou um onze com algumas alterações daquele que venceu no passado sábado a Taça da Liga: Ristovski substitui Piccini na direita, Battaglia regressou ao meio campo, Bruno Fernandes voltou a ser encostado à direita e Rubén Ribeiro ficou com total liberdade para cair sobre os flancos ou evoluir pela zona central.

Contudo as jogadas ensaiadas não surtiam o efeito pretendido e o Vitória ia crescendo no jogo através de transições rápidas, e contra-ataques levados a cabo pelo tridente ofensivo vitoriano constituído Hurtado, Raphinha e Tallo. O Sporting tinha mais bola mas não conseguia criar perigo.

A primeira oportunidade de perigo surgiu pelos pés de Raphinha que obrigou Rui Patrício a uma defesa apertada, e mais tarde Sturgeon e Tallo também surgiram com perigo na área leonina.

O Sporting reagia timidamente e só perto do final da primeira parte conseguiu criar algum perigo perto da área de Douglas, primeiro através de remate fraco de Bas Dost e depois com uma tentativa de remate por parte de Fábio Coentrão.

Na segunda parte o Sporting promoveu duas alterações. Entrou Fedy Montero para o lugar de Rúben Ribeiro, e minutos depois Bas Dost teve de ser substituído por Doumbia devido a algumas queixas físicas.

As substituições surtiram efeito e os leões cresceram no jogo, Doumbia, ao minuto 58 teve a melhor oportunidade dos leões. O avançado surgiu isolado na cara de Douglas, mas permitiu a defesa do guarda-redes brasileiro. A partir daqui o Sporting começou a pressionar alto, a comandar o jogo e a tentar construir jogadas de golo. William Carvalho assumiu o papel de construtor da equipa, subiu no terreno recuperando constantemente bolas perdidas, ao mesmo tempo que criava linhas de passe.

Acuña, um dos mais inconformados, tentou por várias vezes o golo, e proporcionou ao minuto 82 uma enorme defesa a Douglas, após um remate espetacular à queima do argentino. O golo surgiu pouco tempo depois após um cruzamento de Acuña, que Mathieu concretizou. Um momento de finalização do francês que em nada ficou a dever ao ponta de lança Bas Dost.

Com esta vitória o Sporting assume a liderança do campeonato à condição com 50 pontos. Os leões beneficiaram dos empates de Benfica e FC Porto, embora os dragões tenham um jogo a menos.

 

 

Cristiana Pina

Licenciada em Comunicação Social pela ESEV. Sou uma pinhelense de gema que adora futebol e toda a magia que lhe é inerente. Escrever é uma das minhas grandes paixões.

Deixe uma resposta