Sporting cai na Amoreira e vê a liderança fugir

O Sporting perdeu com o Estoril por 2-0, e falha assalto à liderança. Kyriakou e Ewandro apontaram os golos estorilistas, resultado construído na primeira parte.

Num jogo, em que já se sabia que Gelson Martins e Bas Dost eram cartas fora do barallho, Jorge Jesus apostou em Doumbia, Bruno César e Piccini para iniciar a partida. Enquanto Ivo Vieira utilizou o mesmo onze que vencera na terça feira o Tondela por 3-0.

Os pupilos de Jorge Jesus entravam pressionados pelo facto de terem de vencer para regressar ao primeiro lugar, e isso fez com que a equipa leonina começasse o jogo desconcentrada e desatenta. Enquanto que do outro lado, a equipa estorilista pressionava alto criando perigo. E foi neste seguimento, que após mais um canto a favor da equipa da linha, Kyriakou, ao minuto 27 inaugurou o marcador. Canto na esquerda, Fábio Coentrão ainda tenta cortar a bola junto à linha, mas não consegue evitar o golo.

Resultado inesperado, que colocou a equipa leonina sem reação. O que acabou por se confirmar cinco minutos depois, com outro golo estorilista. Aílton desmarca Ewandro, a defesa leonina não se faz ao lance (uma vez que pedia um alegado fora de jogo), e o jovem brasileiro aumenta a vantagem. Rui Patrício ainda tenta fazer a mancha, mas nada feito.

Antes do intervalo o Sporting ainda teve duas oportunidades para diminuir a desvantagem: primeiro com um cabeceamento de Coates ao lado, e depois por Bruno César que de forma escandalosa não consegue acertar com a baliza.

Era preciso mudar a toada do jogo, e foi nesse sentido que ao intervalo, Jorge Jesus fez entrar primeiro Montero em detrimento de Battaglia, e minutos depois Rúben Ribeiro em troca com Bruno César.

Os leões entraram na segunda parte a todo o gás, e tiveram três oportunidades para diminuir a desvantagem, primeiro por Coentrão que atirou por cima, depois por Montero e Acuña. As oportunidades sucediam-se, mas o leão parecia não querer acertar com a baliza.

O Estoril começava a subir no terreno, e até conseguiu voltar a mexer com as redes guardadas por Rui Patricio, no entanto o golo de André Claro foi anulado pelo VAR. O mesmo se sucedeu com o golo de Montero já em período de compensação.

Com este resultado o Sporting cai para a terceiro lugar na tabela classificativa, em igualdade pontual com o Benfica. Enquanto o Estoril subiu ao 15º lugar, e está fora dos lugares de despromoção.

Cristiana Pina

Licenciada em Comunicação Social pela ESEV. Sou uma pinhelense de gema que adora futebol e toda a magia que lhe é inerente. Escrever é uma das minhas grandes paixões.

Deixe uma resposta