Ederson disponível para sair da baliza

Ederson Moraes dispensa apresentações pelo sucesso que obteve em Portugal ao serviço do SL Benfica. Os inúmeros golos que evitou que se concretizassem, assim como, aqueles que deu a marcar aos companheiros de equipa, fruto do excelente jogo de pés, foi uma das qualidades que levaram o Manchester City, por indicação de Pep Guardiola, a contratá-lo ao Benfica, por €40 milhões.

O guardião do Manchester City em entrevista á Four Four Two, falou dessa qualidade que lhe é inata: “Quando jogava na formação do Benfica, pediam-me para ir para o meio-campo sempre que era preciso e não fazia má figura. Por isso, se for necessário, estarei à altura. Não seria fácil, especialmente na Premier League, mas acredito que faria um bom trabalho”

Ederson foi mais longe e garantiu que está preparado, para cobrar os livres directos: “Temos muitos jogadores de qualidade que estão à minha frente, mas sempre me senti confortável com a bola nos pés e isso ajuda-me durante o jogo. Penso que é um talento natural”

O jogo de pés é rotina que o brasileiro já treina desde os tempos no Brasil: “É algo que tenho vindo a trabalhar desde que comecei, no São Paulo, e procurado melhorar ao longo do tempo. Cheguei a marcar alguns livres diretos. No início não queria, mas fui incentivado por um dos meus treinadores e marquei alguns golos”

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta