Liga dos Campeões: Nulo em Sevilha e surpreendente vitória do Shakthar

Chega ao fim mais uma semana de Champions League. A fechar o “cartaz” das primeiras mãos dos oitavos de final estiveram o Sevilla-Manchester United e o Shakhtar Donetsk-Roma.

Em Sevilha, David De Gea, o guarda-redes do United, foi a estrela, ao evitar que o resultado fosse mais doloroso para a formação de Mourinho. Com Pogba no banco e Lindelof no onze, os Red Devils enfrentaram um Sevilla perigoso mas conseguiram aguentar a noite sem sofrer qualquer golo, deixando a eliminatória completamente aberta.

Do outro lado da Europa, o Shakhtar surpreendeu ao vencer a Roma por 2-1. No entanto, foram os romanos a abrir o marcador aos 41 minutos, por Cengiz Ünder Na segunda parte, a formação do técnico português, Paulo Fonseca, conseguiu dar a volta ao resultado quando aos 52 minutos Facundo Ferreyra repôs a igualdade e, aos 71, Fred converteu um livre no golo da vitória. Vantagem na eliminatória para os ucranianos, mas ainda tudo por decidir.

Francisca Tinoco

Aluna do segundo ano da licenciatura de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, amante do futebol e do desporto e sonhando em poder fazer do jornalismo desportivo a minha vida.

Deixe uma resposta