Algarve Cup: Esforço e empenho lusitano não foram suficientes para os três pontos

Em jogo a contar para a segunda jornada da Algarve Cup, Portugal defrontou hoje a Austrália que tem como palmares, o facto de ocuparem a quarta posição do Ranking da UEFA. O encontro terminou com empate sem golos.

A expressão “soaram a camisola”, bem se pode aplicar ao empenho das orientadas de Francisco Neto. A Austrália partiu como favorita na teoria (não falham uma fase final do Campeonato do Mundo feminino, desde 1995), mas no tapete verde, a seleção nacional ignorou tal favoritismo e jogou de forma descomplexada e tudo fez para alcançar os três pontos.

Nos primeiros 45′ as australianas cedo ameaçaram a baliza de Inês Pereira por intermédio de um livre directo, cobrado por Emily Van Egmond, mas a guardiã lusa, esteve ao nível do que nos tem habituado e brindou-nos com uma excelente intervenção. As jogadoras portuguesas foram ganhando confiança e o processo de criação saía com mais eficácia permitindo a Jéssica Silva e Diana Silva, finalizarem de molde a ameaçar a baliza adversária, com especial destaque à passagem do minuto 36 em que Diana Silva, isolada frente à guardiã adversária, permitiu que esta defendesse com os pés, negando o golo à portuguesa.

No regresso para a etapa complementar, o poderio australiano começou a dar sinais mas as portuguesas conseguiram neutralizar o processo ofensivo com uma organização defensiva bem disciplinada taticamente. Não obstante do pendor ofensivo adversário, Jéssica Silva, Vanessa Marques e Cláudia Neto, continuaram inconformadas e tentaram por diversas vezes, inaugurar o marcador, levando perigo à baliza de Lydia Williams.

GRUPO A (após segunda jornada)

Portugal 4 pontos

Austrália 4 pontos

Noruega 3 pontos

China 0 pontos

A terceira ronda, joga-se na segunda feira e Portugal regressa ao Estádio Algarve para defrontar a Noruega, pelas 19h00.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta