Ledman Liga Pro: Ninguém quis fugir ao pelotão no dia em que o galo matou o borrego

A ronda 27 já lá vai (ou quase) e a incerteza no topo da tabela parece crescer a cada momento. E dizemos “quase” porque, incrivelmente, o Nacional viu o seu jogo (visita ao Real Massamá) ser adiado pela 3ª vez consecutiva! Uma situação curiosa e que dificilmente encontrará precedente na história do futebol. Mas passemos à ação, que promoveu também mexidas no fundo da tabela.

A bola começou a rolar na tarde de sábado, e de que maneira. O Arouca saltou para a liderança após bater o Sporting B, em Alcochete, por 2-0, resultado que acabaria por empurrar os leões para a zona da descida no fim da jornada. Os arouquenses chegaram à vantagem por intermédio de Barnes Osei, aos 24 minutos, sentenciando a partida com um penálti convertido por Nuno Coelho, já nos instantes finais da partida. O Sporting B é 17º, com 31 pontos, enquanto o Arouca chegou à liderança, com 46 pontos.

Também na liderança, com os mesmos 46 pontos, encontra-se o Santa Clara, que se deslocou ao terreno do Varzim, num encontro que acabou empatado 1-1 (os açorianos desperdiçaram a oportunidade de se isolar no 1º lugar). O Varzim encontra-se no 12º lugar, com 35 pontos.

O mesmo sucedeu com a Académica e o Porto B, que também vacilaram perante a hipótese de assumir a liderança isolada. Em Coimbra, a Académica recebia um adversário direto na luta pela subida, o Penafiel, mas o encontro terminou 1-1. Fábio Fortes, aos 14 minutos, adiantou os penafidelenses, mas a equipa da casa viria a empatar 7 minutos volvidos, por Chiquinho. À mesma hora, o FC Porto B (com os “reforços” Paulinho e Hernâni) jogava no terreno do Cova da Piedade, num duelo do qual resultou divisão de pontos. 2-2 foi o resultado, o que denota uma perda de força do conjunto de António Folha, após as saídas de Galeno e Fede Varela no mercado de Inverno, e a afirmação de Diogo Dalot no plantel principal. Os dragões dividem o último lugar do pódio com a formação dos estudantes, com 45 pontos para ambas as equipas, enquanto o Penafiel vem logo atrás, com 44. O Cova da Piedade, por sua vez, é 14º, com 33 pontos.

Nos restantes encontros das equipas B, o SC Braga B deu seguimento à vitória da última ronda e voltou a amealhar os 3 pontos, desta feita na receção ao vizinho Famalicão (1-0, golo do reforço Jonata). Apesar do triunfo, os gverreiros seguem na 18ª posição, com 29 pontos, enquanto o Famalicão desce para 11º lugar, com 36 pontos. Também o Benfica B saiu vitorioso desta jornada, após uma vitória por 3-1 na visita ao Sporting da Covilhã. Este encontro reforça a crise do Covilhã, que conta 4 derrotas e 2 empates nos últimos 6 jogos, e marca o regresso aos triunfos por parte dos encarnados, que vinham de 1 empate e duas derrotas pesadas. O Benfica B sobe assim ao 9º lugar, com 38 pontos, ao passo que o Sporting da Covilhã é 13º, com 35 pontos. Na visita ao terreno do União da Madeira, o Vitória B não foi além de um empate a 1 bola, resultando que mantém ambas as equipas na mesma. Os vimaranenses seguem a meio da tabela, precisamente no 10º lugar com 37 pontos, enquanto os madeirenses continuam aflitos, com os mesmos 31 pontos da primeira equipa abaixo da linha de água, o Sporting B.

Quem está agora acima da linha de água é a Oliveirense, que foi buscar 3 pontos ao Estádio do Fontelo derrotando o Académico de Viseu por 2-0. Depois da vitória na estreia frente ao Benfica B, Manuel Cajuda não mais venceu, tendo averbado dois empates e uma derrota, o que coloca o Académico na 6ª posição, com 41 pontos. A formação de Oliveira de Azeméis, por sua vez, ganha um pouco de oxigénio e está agora em 15º lugar, com 32 pontos.

Por fim, o destaque da jornada. 15 jogos depois, o Gil Vicente regressou aos triunfos, batendo o Leixões por 2-1. Ricardinho e André Fontes foram os obreiros do triunfo dos gilistas, que pelo meio viram Luís Silva reduzir para a equipa de Matosinhos. Chega assim ao fim um longo jejum de vitórias da formação de Barcelos – o último havia sido em Outubro, frente ao Benfica B. Contudo, o Gil Vicente permanece em 19º lugar, agora com 27 pontos, enquanto o Leixões é 8º, com 40 pontos.

O Real Massamá – Nacional, adiado devido ao mau tempo na ilha da Madeira, que impediu a equipa insular de partir para o continente, foi agendado para o dia 21 de março, às 15h.

 

Nota: Esta quarta feira, 7 de março, joga-se o Nacional – Porto B, partida em atraso relativa à jornada 26. O pontapé de saída está marcado para as 15h.

 

Marco Pereira

Amante do desporto, respira futebol e considera-o uma das suas grandes paixões. É licenciado em Línguas Aplicadas pela Universidade do Minho.

Deixe uma resposta