Hierro deixa cargo de selecionador e rejeita continuar na RFEF

Fernando Hierro abandona o cargo de selecionador espanhol depois da eliminação espanhola nos oitavos de final do Mundial, e rejeita voltar ao cargo de diretor desportivo na Real Federação Espanhola de Futebol.

Através das redes sociais, a RFEF anunciou que Fernando Hierro rejeitou continuar quer como selecionador, quer como diretor desportivo, pondo fim à sua segunda passagem no máximo órgão do futebol espanhol. A lenda do Real Madrid foi diretor desportivo entre 2007 e 2011, e voltou no ano passado a esse cargo.

Recorde-se que Hierro tomou o comando da seleção a apenas dois dias do início do Mundial, apesar de ter tido apenas uma experiência como treinador no passado, no Real Oviedo. No comunicado lê-se que o ex-selecionador quer “procurar novos horizontes e novos desafios profissionais”.

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.

Deixe uma resposta