Nunca a seleção teve tanto convocado produzido no Seixal

Foi divulgada, ontem, a convocatória de Fernando Santos para os próximos compromissos da seleção nacional.

A nota de grande destaque vai obviamente para a ausência do capitão Cristiano Ronaldo, ele que recentemente perdeu o prémio de melhor jogador do ano da UEFA para Luka Modric, ex-companheiro.

CR7 foi apenas um dos dez nomes que participaram no Mundial de 2018 e que não foram convocados desta vez. São eles, Ricardo Quaresma, João Mário, João Moutinho, Adrien Silva, Manuel Fernandes, Ricardo Pereira, José Fonte, Bruno Alves e Anthony Lopes.

Para além disso, o selecionador nacional chamou quatro caras novas para representar a equipa das quinas: o guarda-redes Cláudio Ramos, o defesa Pedro Mendes e os médios Gedson Fernandes e Sérgio Oliveira.

A outra nota de destaque vai para o facto do Benfica estar muito bem representado: é o clube português com mais jogadores nos 24 que foram chamados e é o clube português, a par do Sporting, que conta com mais atletas formados. Estamos a falar de oito jogadores, algo que nunca aconteceu desde que foi fundada a Caixa Futebol Campus.

São eles, João Cancelo, Rúben Dias, Mário Rui, Gedson Fernandes, Renato Sanches, Bernardo Silva, Rony Lopes e Gonçalo Guedes.

Isto mostra, sem dúvida, que a forte aposta encarnada na formação está finalmente a dar os seus frutos, sendo que dois destes atletas, Rúben e Gedson, estão na equipa principal do Benfica.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Licenciado em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta