Estas são as quatro equipas portuguesas que ainda não conhecem o amargo sabor da derrota

Actualmente nos campeonatos nacionais de futebol masculino, existem apenas quatro equipas que ainda não conhecem o amargo sabor da derrota. O Sporting Clube de Braga na Liga NOS, juntamente com os três representantes do Campeonato de Portugal, São Martinho, Gondomar e Sintrense, são à data, as quatro formações detentoras do “troféu da invencibilidade”.

Para o devido efeito, consideramos apenas os campeonatos.  No entanto, deixamos como curiosidade, o desempenho das equipas nas provas paralelas.

Volvidas nove jornadas da principal liga portuguesa, e o SC Braga ainda não sabe o que é perder. Os pupilos orientados por Abel Ferreira que ontem carimbaram nova vitória, frente ao Vitória de Setubal por 2-1, contabilizam seis vitórias e três empates na Liga. Se acrescentarmos a “performance” dos encontros para as Taças (Portugal e Liga), a invencibilidade é palavra de ordem. Recorde-se ainda que, a formação minhota fora eliminada na 3ª Pré Eliminatória da Liga Europa sem que, tenha sofrido qualquer derrota. Com um empate a uma bola em solo ucraniano e um empate caseiro a duas bolas, fez com que a formação bracarense ficasse de fora da competição, pelos golos sofridos em casa.

Na segunda liga, todos os conjuntos já sofreram derrotas mas no escalão inferior, no campeonato de Portugal, temos três equipas que decorridas dez jornadas, não conhecem a palavra derrota.

Na série A, o emblema de S. Martinho do Campo, ocupa a segunda posição na tabela classificativa e contabiliza seis vitórias e quatro empates. Como curiosidade, o S. Martinho só perdeu na 3ª Eliminatória da taça de Portugal, pela margem mínima (0-1), frente ao Moreirense.

O Gondomar lidera a série B com sete vitorias e três empates. Só caiu na taça de Portugal (2ª eliminatória), na recepção ao Cova da Piedade por 1-2.

Na série C, o emblema orientada por Tiago Zorro, é líder e contabiliza seis vitórias e quatro empates. Recorde-se que o Sintrense tem como director desportivo, o conhecido ex-jogador leonino, Mauricio Morato. O clube de Sintra foi eliminado da prova rainha, pelo Sporting de Espinho, após marcação de pontapés de pénalti.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta