O (fantástico) duelo do novo ano

Está ao rubro a Premier League. Esta noite, o Manchester City de Bernardo Silva e companhia bateu o Liverpool por 2-1 e voltou a aproximar-se da liderança. Os Citizens sobem ao segundo lugar e ficam a quatro pontos dos Reds, que sofreram assim a primeira derrota nesta edição da Liga Inglesa.

Aguero abriu o marcador e fez o 14º golo esta época

O City foi a primeira equipa a marcar, apesar do maior controlo e posse dos visitantes. Aguero, após um trabalho de insistência de Bernardo Silva, fez o primeiro da partida num remate impressionante. Na segunda parte, o internacional brasileiro Roberto Firmino tratou de restaurar o resultado com um cabeceamento certeiro. Robertson fez a assistência, num lance em que a defesa dos Citizens fica mal na fotografia.

O empate não servia os interesses de nenhuma das equipas, e ambas as turmas lutaram para chegar à desejada vantagem. Mas foi mesmo a equipa da casa a chegar de novo ao golo. Num contra-ataque rápido (característica inerente a este City de Guardiola), Sterling oferece a Sané que, no bico da área, faz um remate colocadíssimo que foge ao guardião dos Reds.

Guardiola impôs a primeira derrota do Liverpool esta época

Até ao fim da partida, Klopp lançou Shaqiri e Sturridge para reforçar o setor ofensivo, enquanto Guardiola fez o contrário: colocou em campo jogadores como Kyle Walker e Otamendi para aguentar o resultado. O jogo terminava com uma avalanche ofensiva do emblema de Liverpool, insuficiente, no entanto, para chegar ao golo.

2-1 foi o resultado final. O City impõe a primeira derrota do Liverpool esta época e é a primeira equipa a marcar dois golos à turma de Klopp. O Liverpool mantém o primeiro lugar, mas vê o City aproximar-se de novo, estando agora ambas as equipas separadas por quatro pontos.

Que fantástica e emocionante será a segunda volta da Premier League!

Rui Casanova

Sou natural de Portalegre e resido em Lisboa, onde estudo Ciências da Comunicação na NOVA-FCSH. O Futebol está no sangue da minha família desde sempre e materializo a paixão pelo desporto rei através da escrita.

Deixe uma resposta