Bas Dost vítima de infortúnio ou mera desmotivação ?

Ontem frente ao Santa Clara, Bas Dost regressou ao onze dos leões após recuperação de uma lesão, mas o avançado holandês não vive bons momentos em Alvalade. O facto de não marcar há quatro jogos e de ter sido lento no processo ofensivo, valeram-lhe alguns assobios dos adeptos.

Foi notória alguma desconcentração durante os noventa minutos e mesmo sendo referência nos lances de bolas altas, a cabeça de Bas Dost teima em não fazer as pazes com a bola e raramente causa perigo neste particular. A melhor oportunidade do avançado leonino acontecera no período de descontos, depois de ter sido servido pelo capitão Bruno Fernandes, mas acabou por ser lesto na sequência do lance.

Nos primeiros 45 minutos os adeptos perderam a paciência quando numa ocasião em que poderia ter progredido com bola para finalizar, o camisola 28 optou por fazer um passe a um colega, com a agravante de o ter falhado… depois voltou a ser julgado pela bancada, quando não abordou um desvio perto do segundo poste e que levaria perigo à baliza dos açorianos.

No final do encontro era notória a desilusão e apesar de ter sido confortado pelos colegas, Dost não evitou a assobiadela das bancadas.

Quando confrontado pelo infortúnio do seu jogador, Marcel Keizer justificou: “Lutou com a equipa pelos pontos. Teve alguns lances infelizes, mas temos confiança nele. Estas perguntas revelam como ele é um jogador bom e importante. É um elogio.”

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta