Ronaldo fora da convocatória e Juventus sofre primeira derrota no campeonato

A Juventus foi a casa do Génova após ter virado a eliminatória frente ao Atlético Madrid na Liga dos Campeões. Ronaldo, a grande figura desse jogo, ficou de fora da convocatória para gestão de esforço e a sua equipa acabou por ceder a 1ª derrota da época no campeonato frente ao Génova (2-0).

Foram assim necessários 27 jogos no campeonato para que a Vecchia Signora senti-se pela primeira vez o sabor da derrota. Massimo Allegri havia assumido antes do jogo que Cristiano Ronaldo entraria agora num processo de gestão especial para estar ao seu melhor nível em todos os encontros que participasse. Tendo isso em conta, o técnico deixou o internacional português e melhor marcador da Juventus no campeonato de fora da convocatória. A decisão acabou por não a melhor visto que a formação de Turim denotou a falta de um matador nesta partida.

Após uma primeira parte sem golos, os segundos 45 minutos até começaram de feição para a Juventus com a sua jóia da equipa, Paulo Dybala, a encontrar o fundo das redes. No entanto, o golo acabou por ser anulado e isso deu uma nova vida à equipa de Miguel Veloso e Pedro Pereira.

O técnico do Génova Claudio Prandelli mexeu na equipa, colocou Sturaro (ex-Sporting e emprestado pela Juventus) e Pandev e ambos os jogadores acabaram por marcar. O médio italiano que teve uma breve passagem pelo Sporting esta época recebeu a bola à entrada da área e num remate seco abriu o marcador. Já o internacional da Macedónia concretizou uma jogada exímia de contra-ataque, definindo o resultado final.

Apesar da derrota, a Juventus permanece isolada no topo da classificação, a 18 pontos do Nápoles que joga ainda esta tarde.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta