Benfica punido com interdição do Estádio da Luz por mais um jogo

O Benfica foi esta terça-feira punido com a interdição do seu estádio por mais um jogo. Na origem do castigo está um processo disciplinar que já vem da época 2017/2018 relativo a uma partida frente ao Paços de Ferreira.

As águias já reagiram ao castigo, recorrendo prontamente ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAD). Com a providência cautelar em questão, os encarnados solicitam o efeito suspensivo da pena, travando assim a execução imediata do castigo.

A decisão do TAD surge na sequência dos quatro jogos de castigo aplicados ao Benfica a 12 de fevereiro deste ano. Em causa está a violação do artigo 118.º do Regulamento Disciplinar. Este artigo prevê no fundo a punição aos clubes que coloquem em causa a integridade e segurança dos espectadores. No caso do clube da Luz, o apoio a claques não registadas foi o que motivou a decisão do TAD.

Este processo já vem desde abril de 2017, quando o Sporting participou a situação, aclamando 13 encontros onde as águias violaram este artigo em questão. A formação de Alvalade viria a juntar mais um jogo à sua queixa em outubro, nomeadamente o já referido frente ao Paços de Ferreira.

O Benfica já reagiu à situação numa publicação no seu site oficial: “totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas para tal decisão”. Os encarnados mostraram-se ainda confiantes de que conseguirão “fazer valer as razões no decurso deste processo.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta