Seleção feminina americana sagra-se campeã mundial

Os Estados Unidos da América sagraram-se campeões mundiais de futebol feminino ao vencerem a Holanda por 2-0 neste domingo, em Lyon. De oito Mundiais, os EUA arrecadam o seu quarto título e reforçam a liderança na modalidade.

Dois golos na segunda parte deitaram por terra as aspirações da Holanda, estreante em finais de Campeonatos do Mundo femininos. O primeiro foi marcado por Megan Rapinoe, a controversa capitã que converteu com sucesso uma grande penalidade, aos 62′. O segundo golo foi obtido por Lavelle numa excelente iniciativa individual, aos 70′.

Megan Rapinoe ganhou o prémio de melhor jogadora da competição. A Suécia fica com a medalha de bronze depois de ter vencido a Inglaterra no jogo para o terceiro lugar.

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.

Deixe uma resposta