“Disse à minha mãe que não queria ir para o Benfica”

Um dos primeiros reforços a ser anunciado pelo Real Madrid para a próxima época, Luka Jovic deu o seu testemunho ao The Players Tribune, recordou todo o seu trajeto até chegar ao Santiago Bernabéu, referindo o mau bocado passado na Luz.

O avançado sérvio revelou que quando o Benfica apresentou uma proposta, este não seria sair do país natal e mudar-se para Lisboa. Em 2016, Jovic jogava pelo Estrela Vermelha, clube do coração.

«Eu sempre quis jogar no Estrela Vermelha, e mesmo quando tinha oportunidade de me mudar para clubes maiores, não queria sair. Na verdade, quando o Benfica me queria, em 2016, lembro-me de ter dito à minha mãe que não queria ir para lá», contou o sérvio.

«Lembro-me das palavras dela: ‘querido, sabemos que amas o Estrela Vermelha mais do que nós, mas tu és o mais importante’», afirmou.

Mas afinal o que correu mal no Benfica?

«Aconteceu tudo demasiado rápido. Não estava pronto para deixar a minha família. Quando se tem 18 anos e se muda de casa para mais de três mil quilómetros, não é só sobre futebol. Quando cheguei a Lisboa, pensava na minha casa e começava a chorar sem motivo. Foi um momento mau na minha carreira. Mas, felizmente, tudo mudou quando consegui mudar para o Eintracht Frankfurt», revelou.

Jovic diz estar pronto para o grande desafio que é representar o Real Madrid.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Licenciado em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta