Benfica emite comunicado a esclarecer a situação de Mattia Perin

Depois de um longo período de negociações e posteriores exames médicos, o negócio entre Juventus e Benfica por Mattia Perin ficou num impasse. O guardião não passou nos testes e as águias chegaram a por em causa a transferência mas emitiram agora um comunicado a esclarecer.

Os responsáveis encarnados ficaram inicialmente com muitas dúvidas relativamente ao estado físico do guardião que só estará apto a jogar daqui a cerca de quatro meses, mas decidiram avançar com a contratação.

Por agora o guardião italiano irá regressar ao seu país de origem onde continuará o processo de recuperação da sua luxação no ombro. Depois disso, o internacional italiano voltará a Lisboa em dezembro para ser novamente avaliado. Caso esteja totalmente recuperado, será integrado no plantel encarnado.

Depois de os exames médicos iniciais terem concluído que o tempo de paragem seria maior que o esperado, os dirigentes encarnados ponderaram seriamente abortar a transferência, mas acaba agora por ficar em “banho maria.”

O comunicado:

O Sport Lisboa e Benfica informa que na sequência da realização dos exames médicos, hoje efetuados, se conclui que o guarda-redes Mattia Perin tem um processo de recuperação superior ao inicialmente previsto, sendo de cerca de 4 meses.

Nesse sentido, houve acordo entre os clubes e os representantes do jogador para que a recuperação de Mattia Perin seja feita na Juventus e, concluída essa fase, se concretize a transferência do jogador, tal como está acordado por todas as partes.”

 

Este tempo de paragem fará com que a baliza não tenha movimentações nos próximos tempos, visto que dificilmente o Benfica deixará sair Vlachodimos ou Svilar tendo em conta que Perin só poderá chegar em Dezembro.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta