Histórico Bolton Wanderers FC muito perto da extinção

O Bolton Wanderers FC está a passar por aqueles que são, talvez, os tempos mais negros da história do clube. A histórica formação inglesa tem atá às 17h desta terça-feira para encontrar um investidor, caso contrário terá de ser liquidado e fechar portas definitivamente.

Este processo de crise vivido pelo Bolton já se vem arrastando nos últimos tempos, no entanto, adquiriu uma ainda mais grave realidades nas últimas horas.

Paul Appleton, administrador do clube, tem feito vários comunicados nas redes sociais do Bolton por forma a tentar salvar os trotters, mas a verdade é que a situação está cada vez mais complicada para este histórico inglês.

O Bolton Wanderers esteve recentemente em conversações com um investidor, o que parecia que iria salvar o clube. Contudo, as negociações caíram na manhã de sábado e o clube ficou ainda em piores lençóis, com o relógio a não parar.

O próprio administrador do clube deu a entender num primeiro comunicado publicado na segunda-feira, que a salvação do Bolton era uma miragem. Paul Appleton referiu que se nada mudar nas próximas horas, esta quarta-feira (28 de agosto) encetará o processo de encerramento do clube.

Isto vai levar à liquidação e expulsão do clube da EFL e a inevitável perda de 150 postos de trabalho. Vai devastar uma comunidade para a qual o clube é um sinal de esperança.”

Contudo, esta terça-feira o administrador voltou a pronunciar-se sobre o assunto nas redes sociais do Bolton e deixou a sua mensgaem de esperança de salvação: “o futuro do Bolton Wanderers ainda está em dúvida e tenho de acreditar que pode haver um desfecho positivo antes das 17 horas de hoje definidas pela EFL.”

O Bolton foi fundado em 1874 e fez parte de um restrito lote de equipas que, em 1888, fundou a liga inglesa. Esteve presente por 74 ocasiões na Premier League, mas desde 2012 que está relegado às divisões inferiores, estando atualmente na League One (3ª divisão). Ao longo da sua história conta com quatro Taças de Inglaterra (1923, 1926, 1929 e 1951).

O clube começou esta temporada com menos 12 pontos, tal como o Bury FC, devido a avolumadas dívidas que contraíram ao longo dos anos, estando afundados no fim da tabela classificativa.

No entanto, o caso do Bury traz mais esperança aos adeptos. Na sexta-feira, apenas uma hora antes da sua expulsão, o administrador do clube, Steve Dale, anunciou um acordo com a “C&N Sporting Risk”, uma companhia de analítica, para a compra do clube que permitiu uma extensão do prazo até esta terça-feira. Contudo, o prazo mantêm-se e é necessário um acordo.

A confirmar-se o pior cenário, o futebol inglês perderá uma importante parte da sua história.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta