Sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões: Benfica com grupo equilibrado

Após o tradicional sorteio da fase de grupos que decorreu no Mónaco, ficaram definidos os trajetos europeus para cada um dos clubes que participam na edição 2019/2020 da maior competição de clubes da Europa, a Liga dos Campeões.

O único clube português em competição é o Benfica, com o sorteio a ditar o seguinte destino ao clube da luz: Zenit, Olympique Lyonnais, RB Leipzig, completando-se o grupo G.

Inicialmente parecia que a sorte sorria ao Benfica, evitando os grandes “tubarões” do pote 1 e enfrentando o Zenit, num nível mais próximo dos portugueses, apresentando como maior obstáculo a deslocação à Rússia. Porém, no pote 3 e 4, saíram duas equipas de grande talento, que competem em campeonatos de alto nível, o Lyon e o Leipzig. Verifica-se assim um grupo renhido e intenso com uma amplitude de qualidade reduzida, prometendo grandes duelos.

Os restantes grupos formaram-se da seguinte forma:

 

Grupo A:

PSG
Real Madrid
Brugges
Galatasaray

Grupo B:

Bayern
Tottenham
Olympiakos
Estrela Vermelha

Grupo C:

City
Shakhtar
Zagreb
Atalanta

Grupo D:

Juventus
Atlético
Leverkusen
Lokomotiv

Grupo E:

Liverpool
Nápoles
Salzburgo
Genk

Grupo F:

Barcelona
Dortmund
Inter
Slavia

Grupo H:

Chelsea
Ajax
Valencia
Lille

Destaque para alguns confrontos como o Barcelona vs Dortmund, Juventus vs Atlético, Bayern vs Tottenham e Real Madrid vs PSG, como “cabeças de cartaz” de alguns destes grupos.

Não há nenhum “grupo da morte” assim por dizer, no entanto o grupo do G, do Benfica, e o H assumem-se claramente como os mais imprevisíveis pelo equilíbrio de qualidade que se espera dos clubes em jogo.

Certamente serão vários jogos de grande entusiasmo e mesmo que alguns grupos pareçam definidos desde a partida, serve de lição a anterior Liga dos Campeões, com reviravoltas e vitórias inesperadas do início ao fim.

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautiful Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.

Deixe uma resposta