Bernardo, Ronaldo e Cancelo entre os nomeados para o onze do ano

A FIFA apresentou os 55 futebolistas nomeados para o onze do ano de 2019, numa lista que conta com três internacionais portugueses.

Cristiano Ronaldo já havia sido seleccionado pela FIFA em edições anteriores, mas para a dupla do Manchester City (João Cancelo e Bernardo Silva) a nomeação é uma estreia.

Pela primeira vez em 10 anos, a Premier League é o campeonato com mais jogadores seleccionados (22), ultrapassando a La Liga, com 21. O Barcelona é o clube com mais jogadores na lista (11) e o Brasil é o país mais representado (10).

O onze do ano será selecionado através de uma votação feita por jogadores profissionais de todo o mundo e divulgado no dia 23 de setembro, na gala de entrega dos prémios FIFA.

 

Em baixo, a lista completa dos nomeados para o melhor onze de 2019 para a FIFA:

 

Guarda-redes

Alisson Becker (Brasil, Liverpool)

David De Gea (Espanha, Manchester United)

Ederson Moraes (Brasil, Manchester City)

Jan Oblak (Eslovénia, Atlético Madrid)

Marc-Andre ter Stegen (Alemanha, Barcelona)

 

Defesas

Trent Alexander-Arnold (Inglaterra, Liverpool)

Daniel Alves (Brasil, PSG/São Paulo)

João Cancelo (Portugal, Juventus/Manchester City)

Daniel Carvajal (Espanha, Real Madrid)

Joshua Kimmich (Alemanha, Bayern)

Kyle Walker (Inglaterra, Manchester City)

Thiago Silva (Brasil, PSG)

Raphael Varane (França, Real Madrid)

Kalidou Koulibaly (Senegal, Nápoles)

Aymeric Laporte (França, Manchester City)

Matthijs de Ligt (Holanda, Ajax/Juventus)

Gerard Pique (Espanha, FC Barcelona)

Sergio Ramos (Espanha, Real Madrid)

Giorgio Chiellini (Itália, Juventus)

Virgil Van Dijk (Holanda, Liverpool)

Diego Godín (Uruguai, Atlético Madrid/Inter)

Marcelo (Brasil, Real Madrid)

Jordi Alba (Espanha, Barcelona)

Alex Sandro (Brasil, Juventus)

Andrew Robertson (Escócia, Liverpool)

 

Médios

Sergio Busquets (Espanha, Barcelona)

Casemiro (Brasil, Real Madrid)

Frenkie De Jong (Holanda, Ajax/Barcelona)

Toni Kroos (Alemanha, Real Madrid)

N’Golo Kante (França, Chelsea)

Arthur (Brasil, Barcelona)

Luka Modric (Croácia, Real Madrid)

Paul Pogba (França, Manchester United)

Arturo Vidal (Chile, Barcelona)

Christian Eriksen (Dinamarca, Tottenham)

Kevin De Bruyne (Bélgica, Manchester City)

Ivan Rakitic (Croácia, Barcelona)

Bernardo Silva (Portugal, Manchester City)

Eden Hazard (Bélgica, Chelsea/Real Madrid)

Dusan Tadic (Sérvia, Ajax)

 

Avançados

Raheem Sterling (Inglaterra, Manchester City)

Sadio Mane (Senegal, Liverpool)

Heung-Min Son (Coreia do Sul, Tottenham)

Mohamed Salah (Egipto, Liverpool)

Lionel Messi (Argentina, Barcelona)

Neymar (Brasil, PSG)

Kylian Mbappé (França, PSG)

Cristiano Ronaldo (Portugal, Juventus)

Antoine Griezmann (França, Atlético Madrid/Barcelona)

Roberto Firmino (Brasil, Liverpool)

Luis Suárez (Uruguai, Barcelona)

Karim Benzema (França, Real Madrid)

Harry Kane (Inglaterra, Tottenham)

Robert Lewandowski (Polónia, Bayern)

Sergio Aguero (Argentina, Manchester City)

Francisco Madureira

Nascido em Lisboa, sou louco por futebol desde que me lembro. Tenho mais jeito para ver e escrever do que para jogar. Cedo aprendi que é um jogo cruel, mas é também isso que o torna belo. Atualmente a licenciar-me em Ciências da Comunicação.

Deixe uma resposta