Agressões na festa do título podem valer 4 jogos à porta fechada para o Benfica

O Benfica arrisca enfrentar uma pena de quatro jogos à porta fechada. Em causa estão incidentes registados no Estádio da Luz após o jogo do título, frente ao Santa Clara a 18 de maio, que culminou na vitória encarnada por 4-1.

A notícia é avançada pelo diário desportivo nacional “Record”, que diz que em causa está um processo disciplinar aplicado às águias na sequência de desacatos registados junto de um bar do recinto.

Segundo a mesma fonte, agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) estariam a deter um adepto do Benfica, quando vários elementos apareceram no local agrediram os agentes e ainda os obrigaram a permanecer no estabelecimento enquanto aguardavam reforços.

O relatório da ocorrência já estará na posse da Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD) e terá, segundo o diário desportivo, motivado uma investigação por parte da Comissão de Instrutores da Liga. Por sua vez, poderá resultar numa acusação.

De seguida, o caso será direcionado para o o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que será o órgão responsável pela aplicação de um castigo.

A confirmar-se “ofensas corporais graves a agente desportivo presente no complexo desportivo”, o clube da Luz poderá ser penalizado com a realização de “um a quatro jogos à porta fechada”. Caso apenas sejam provadas “ofensas corporais”, a punição estará entre os 550 e os 5500 euros.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta