Boavista cria novo clube para salvaguardar os direitos de formação

O Boavista Futebol Clube anunciou em comunicado a fundação de um novo emblema com a sua chancela. O Bessa FC fora criado para salvaguardar os direitos de formação dos atletas que alimentam as camadas jovens do clube da cidade invicta.

O intuito visa salvaguardar os interesses financeiros do clube principal, sempre que se processe uma transferência futura, permitindo assim, que os direitos de formação fiquem nos cofres do clube principal.

No cerne desta iniciativa estão dois casos mediáticos (André Gomes e Bruno Fernandes), que deixaram os axadrezados lesados financeiramente pelo facto de, uma parte dos direitos de formação dos dois atletas, serem da responsabilidade do Pasteleira, clube por onde jogaram os dois internacionais e que tinha à época, um protocolo para receber jovens oriundos do Boavista.

Comunicado:

“Tendo em vista um plano de crescimento a médio/longo prazo foi decidido pelo Boavista Futebol Clube, em concordância com a Boavista Futebol SAD, a criação do Bessa Futebol Clube, para ter início esta época.

No passado, vários protocolos foram estabelecidos com diversas coletividades o que fez com que os direitos de formação se fossem dispersando por essas entidades externas ao clube.

Desta forma, teremos essas futuras verbas asseguradas no universo do Boavista e, simultaneamente, os nossos atletas terão a oportunidade de competir ao mais alto nível.

Este projeto começará com a integração de duas equipas (Sub 15 e Sub 17).”

 

FOTO: Boavista FC

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e por futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os "artistas" brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta