Fase de grupos da Liga Europa: Um breve resumo

Terminou esta quinta-feira, dia 12 de dezembro, a fase de grupos da segunda competição de clubes da UEFA. Foi uma ronda positiva para Portugal, com três dos seus quatro representantes a qualificarem-se para os 16 avos de final da prova.

Braga e Porto ganharam os respetivos grupos, sendo por isso cabeças de série no sorteio do próximo dia 16. O Braga fez uma excelente campanha no grupo K, ganhando quatro jogos e empatando dois, num grupo que contava com Wolverampthon (apurado em segundo lugar), Beskitas e Slovan de Bratislava.

Já a equipa de Sérgio Conceição qualificou-se na última jornada ao bater o Feyenoord por 3-2, depois de vários jogos atribulados ao longo da campanha. Os Dragões fizeram 10 pontos e apuraram-se à frente dos escoceses do Rangers, no grupo G.

No grupo D, o Sporting qualificou-se em segundo lugar, atrás dos austríacos do LASK Linz. Aos leões bastava o empate na última jornada para garantir o estatuto de cabeça de série, mas os comandados de Silas foram derrotados na Áustria, diante da equipa que venceu o grupo. Ainda assim, merece destaque a contundente vitória por 4-0 sobre o PSV que garantiu o apuramento ao Sporting.

Já o Vitória de Guimarães ficou em quarto lugar no seu grupo, mas conseguiu uma participação digna, culminada com uma vitória no terreno do Eintracht Frankfurt por 2-3. Os vimaranenses fizeram cinco pontos. Sem surpresas, Arsenal e Eintracht qualificaram-se para a fase seguinte, no grupo F.

Nos restantes grupos, houve espaço para algumas surpresas e decisões apenas na última jornada. No grupo A, o Sevilha não deu hipóteses à concorrência e fez 15 pontos. O segundo lugar foi do APOEL com 10. No grupo B, o Dínamo de Kiev só ganhou um jogo, ficando atrás de Malmo e Copenhaga (11 e 9 pontos, respetivamente); no grupo C, destaque para a eliminação do Krasnodar, que na última jornada perdeu 3-0 em casa do Getafe. Os espanhóis passaram em segundo com 12 pontos, menos um que o Basileia. Outra das maiores surpresas da competição foi a eliminação da Lazio, que apenas fez seis pontos e ficou em terceiro lugar do grupo E, atrás de Celtic e Cluj (13 e 12 pontos, respetivamente).

O grupo H foi dos mais equilibrados com o Espanyol a passar em primeiro lugar (11 pontos) e o Ludogorets em segundo com 8. Para trás ficaram Ferencvaros com 7 pontos e CSKA de Moscovo com 5. Já o grupo I teve menos história: Gent e Wolfsburgo (12 e 11 pontos, respetivamente) mostraram clara superioridade sobre Saint-Étienne e Oleksandriya (4 e 3 pontos).

O grupo J foi fértil em surpresas: A Roma de Paulo Fonseca qualificou-se em segundo lugar, com 9 pontos, atrás dos turcos do Basaksehir (10 pontos). Pelo caminho ficou o Borussia Monchengladbach, atual líder da Bundesliga. Os turcos qualificaram-se em casa da equipa alemã, já nos descontos da última jornada, num jogo que foi um dos maiores destaques da fase de grupos. Por fim, no grupo L, Manchester United confirmou o favoritismo e passou em primeiro lugar (13 pontos), com os holandeses do AZ Alkmaar a fazerem 8 pontos (mais um que o Partizan) e a ficarem com a segunda vaga do grupo.

As 24 equipas apuradas pela fase de grupos, serão acompanhadas por oito equipas vindas da Liga dos Campeões: Benfica, RB Salzburgo, Inter, Olympiakos, Bayer Leverkusen, Ajax, Galatasaray e Shakhtar Donetsk. O sorteio dos 16 avos-de-final da Liga Europa terá lugar no dia 16 de dezembro, em Nyon.

 

 

Francisco Madureira

Nascido em Lisboa, sou louco por futebol desde que me lembro. Tenho mais jeito para ver e escrever do que para jogar. Cedo aprendi que é um jogo cruel, mas é também isso que o torna belo. Atualmente a licenciar-me em Ciências da Comunicação.