Jovem Promessa – Kulusevski, o próximo “grande grande” extremo

Nome: Dejan Kulusevski

Data de nascimento: 25/07/2000

Altura: 1.86m

Posição: Extremo/ Médio-ofensivo

Pé preferencial: Esquerdo

Nacionalidade: Sueca

Clube: Parma (emprestado pela Juventus)

 

Chega-nos esta semana, uma grande promessa (em potencial e altura) cujas boas prestações pelo Parma já justificaram um investimento no mercado de inverno por parte da Juventus de 35 milhões de euros no passe do jogador. O colosso italiano manteve o atleta no Parma por empréstimo até ao fim desta temporada.

Kulusevski acrescenta golos e assistências, com 12 contribuições diretas em 22 jogos na Serie A até agora, cinco marcados e sete assistidos. Fez a sua estreia pela seleção da Suécia num jogo de qualificação para o Europeu 2020, a partir do banco.

Formado pelo Brommapojkarna, clube sueco, e pela Atalanta, o extremo iniciou a temporada emprestado pela Atalanta no Parma, depois vendido à Juventus, que, como já referido continuou o seu empréstimo.

Kulusevski não é um extremo tradicional, a sua estatura imponente indica logo o mesmo, pois delicadeza não é um dos seus pontos fortes mas sim a robustez. Alia a técnica está muito bem aliada ao seu poderio físico (1.86m e 75 kg) para desequilibrar as defesas contrárias, possuindo um pé esquerdo capaz de fazer magia. Muito ao estilo de Yarmolenko, outro extremo dotado tecnicamente envergando um grande porte simultâneamente, curiosamente também esquerdino.

Sempre à beira de uma roleta ou um pique de velocidade, o sueco é muito forte na finta, com uma média de dois dribbles por jogo e uma falta sofrida. O seu passe é letal, pelo elevado número de assistências que já tem, mas também as sete grandes oportunidades que criou que não deram em golo, tal como uma média de dois passes chave por jogo.

Sob o comando de Sarri, poderia acrescentar muito a partir do seu flanco de eleição, o direito num 4-3-3, tal como no apoio à dupla de ataque no 4-1-2-1-2 em diamante fechado usado pelo técnico. A qualidade de passe iria de acordo com a ideologia do “Sarriball” tal como o extra físico, sempre útil num campeonato defensivamente exigente como o italiano.

A Juventus continua a acrescentar jovem talento ao seu plantel, assegurando a continuação do domínio “bianconeri” no futuro. Kulusevski certamente terá uma carreira promissora pela frente, possivelmente levantando um scudetto pela Vecchia Signora no futuro próximo.

 

 

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.