Liga dos Campeões: Håland coloca Dortmund em vantagem na eliminatória frente ao PSG

O Borussia Dortmund venceu esta terça-feira o PSG na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, com o jovem avançado norueguês Haland em grande destaque ao bisar na partida. Do lado dos parisienses, Neymar ainda fez também o gosto ao pé.

Vice-campeões alemães e campeões franceses encontraram-se no Signal Iduna Park para dar início ao regresso da Liga dos Campeões  juntamente com o confronto entre Atlético Madrid e Liverpool – e deram espetáculo ao público presente.

Depois de uma primeira parte marcada essencialmente pelo equilíbrio entre as duas equipas e onde as melhores oportunidades surgiram dos pés de Sancho, que Navas defendeu em estilo, e de um livre de Neymar, que passou rente ao poste da baliza de Burki, a segunda parte fez jus a uma verdadeira noite da Liga dos Campeões.

Os germânicos entraram na segunda parte cheios de vontade e depois de um par de oportunidades inauguraram mesmo o marcador. Depois de um remate que sofreu um desvio na defensiva visitante e com Navas já no chão completamente enganado, Haland só teve mesmo que encostar para fazer o primeiro da partida.

Contudo, a vantagem amarela não durou muito tempo. Isto porque ao minuto 75, Mbappé tirou um coelho da cartola, passou por meio mundo e assistiu Neymar, que só teve que encostar para o empate.

O jogo entrou num ritmo frenético e não foram necessários nem dois minutos para o muro amarelo ver um novo golo, mais um de Haland, uma das maiores promessas do futebol mundial. O jovem avançado recebeu o esférico um pouco antes da entrada da grande área francesa e, com espaço, disferiu um potente remate à qual Keylor Navas não teve qualquer hipótese. 2-1 para o Dortmund.

Depois de se ter destacado na fase de grupos ao serviço do Salzburgo, onde marcou oito golos, Haland a mostrar que veio para ficar e a somar mais dois à conta pessoal. No total, o jovem avançado de apenas 19 anos leva 10 golos em sete jogos na competição. No total da temporada, são já um total de 39 golos marcados em 29 jogos. De resto, com este bis, o jovem de apenas 19 anos igualou Robert Lewandowski na lista dos melhores marcadores da Champions League.

Até ao final da partida os milionários de Paris foram insistindo e tentando encostar o Dortmund às cordas, por forma a chegar ao empate, mas o melhor que conseguiram foi assustar através de um remate de Neyumar. O Dortmund venceu assim a primeira mão frente ao PSG e vai em vantagem para o jogo decisivo, que será jogado dia 11 de março, em Paris.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.