Mais uma baixa para Mourinho: Son vai ser operado e deve falhar o resto da época

Não estão a ser fáceis os primeiros tempos de José Mourinho no comando do Tottenham. Depois das graves lesões de Harry Kane e Moussa Sissoko, é agora a vez de Heung-Min Son desfalcar os londrinos até ao final da temporada.

Durante a manhã desta terça-feira, os Spurs emitiram uma nota no seu site oficial onde explicavam que o avançado sul-coreano de 27 anos havia fraturado o braço no jogo deste fim-se-semana frente ao Aston Villa – onde até marcou o golo que ditou a vitória da equipa de José Mourinho, já em período de descontos – e que por isso teria que ser operado.

Nessa mesma nota, o Tottenham avançava que Son estaria de fora “algumas semanas”, cenário esse que foi rapidamente aumentado. À Sky Sports, José Mourinho, treinador do Tottenham, afirmou mesmo que não espera que Heung-Min Son volte a jogar esta época, enquanto a comunicação social britânica avança que o tempo de paragem ronda os dois meses.

Na presente temporada, o avançado sul-coreano vinha sendo peça fulcral para os Spurs, somando 16 golos, em 32 partidas. Além disso, era já a principal figura do ataque, face à ausência prolongada por lesão de Harry Kane.

Esta lesão surge numa altura do calendário muito complicada para os comandados do Special One. Além do sempre apertado calendário das competições inglesas, o Tottenham defronta esta quarta-feira o Leipzig, em jogo a contar para a primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.