Após ser campeão da UEFA Youth League, Tiago Lopes vai sair a custo zero do Dragão

Tiago Lopes foi titular indiscutível na conquista dos jovens dragões da UEFA Youth League da temporada passada, mas mesmo assim foi o único atleta dessa fornada a não renovar contrato com o FC Porto e irá sair no final da temporada a custo zero.

Segundo avança este sábado o diário desportivo Record, mesmo com a saída iminente de Alex Telles, dono e senhor da lateral esquerda azul e branca, os dirigentes portistas não vêem na formação a solução para o lugar. Tiago Lopes termina contrato com o FC Porto neste verão e, de acordo com a mesma fonte, os dragões não pretendem renovar o seu vínculo.

Esta é, de resto, uma situação única, uma vez que o lateral esquerdo será o único jogador a fazer a formação no Olival e a vencer a chamada “Liga dos Campeões dos mais novos” a não renovar. Além de Tiago Lopes, apenas Taddeus Nkeng também sairá, mas o avançado apenas chegou ao Olival há um ano.

Desta fornada fazem parte nomes como Diogo Costa, Tomás Esteves, Diogo Queirós, Diogo Leite, Fábio Vieira, Romário Baró, Vítor Ferreira ou Fábio Silva. Todos eles, exceto Tomás Esteves, têm contrato com os dragões até, pelo menos, 2022.

Esta temporada, o jovem lateral de apenas apenas realizou duas partidas, num total de 46 minutos, ao serviço da equipa B azul e branca, ambas a contar para a U23 Premier League International Cup, sendo sempre relegado para segundo plano perante Luís Mata e Diogo Bessa.

Apesar de pouco ter jogado ao serviço do seu clube, manteve a confiança do selecionador nacional sub-20, que o utilizou num total de quatro jogos esta época.

Agora, o futuro do lateral deverá passar pelo estrangeiro, depois do clube decidir não renovar o vínculo que os ligava, mesmo após Tiago Lopes sempre ter demonstrado vontade de permanecer de Dragão ao peito.

 

Fonte da Imagem: Getty Images

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.