Lopetegui quer levar Chidozie para Sevilha

Defesa-central nigeriano de 23 anos que está atualmente emprestado ao Legánes pelo Porto poderá não voltar para Portugal.

Chidozie chegou à Invicta na época 2014/15, com 18 anos, para, na altura, integrar as equipas jovens dos dragões e progredir até chegar ao escalão principal. Conseguiu alcançar este objetivo logo na temporada seguinte e, depois de fazer a sua estreia na liga num jogo contra o Benfica em fevereiro, tornou-se presença regular no onze inicial azul e branco até ao final da mesma, contabilizando ao todo 13 partidas.

Porém, na época 2016/17, este cenário não se manteve e o nigeriano alinhou exclusivamente pela equipa B portista. Foi neste contexto que o central foi emprestado na temporada que se seguiu ao Nantes, onde entrou em campo por 23 ocasiões. Já na época passada, depois de cumprir a primeira metade da mesma no Porto (com dois jogos na equipa principal e três na B), foi emprestado para o que ainda restava dela ao Caykur Rizespor da Turquia, sendo utilizado em 16 encontros. Esta temporada está a cumprir a terceira cedência temporária da sua carreira, desta vez ao Legánes de Espanha, onde já leva 21 jogos.

De acordo com a edição deste domingo do jornal Record, as exibições no país vizinho despertaram o interesse de Julen Lopetegui, técnico do Sevilha que está no mercado à procura de um jovem central. Assim, o emblema andaluz deverá avançar com uma proposta de oito milhões de euros por Chidozie, valor que poderá ser suficiente para convencer a direção portista.

Tendo em conta a atual necessidade dos dragões de encaixar dinheiro com vendas, o facto de o contrato do mesmo durar apenas até 2021 e ainda o de o jogador não entrar nas contas de Sérgio Conceição, faz com que uma venda do passe do mesmo no final da temporada seja uma real possibilidade.

 

Fonte da Imagem: Getty Images

Simão Vitorino

Nasci e cresci em Vila Franca de Xira e estou atualmente a tirar uma licenciatura em Ciências da Comunicação na faculdade NOVA FCSH com o objetivo de me tornar jornalista desportivo no futuro, profissão que une duas grandes paixões minhas - o futebol e a escrita.