Wuhan Zall regressa à China após 104 dias em quarentena

A equipa do Wuhan Zall, da Superliga chinesa e onde atua o português Daniel Carriço, regressou finalmente este sábado à China e à cidade que foi o epicentro de toda a pandemia de Covid-19 depois de 104 dias em quarentena em Espanha.

Depois de 104 dias afastados das suas famílias, jogadores e equipa técnica foram recebidos com grande emoção, de ramos de flores nas mãos, máscaras e luvas, por centenas de adeptos na estação de comboio da cidade. O momento ficou ainda marcado por cânticos.

A cidade de Wuhan está agora finalmente a ressurgir, após um longo período de confinamento, uma vez que foi este o epicentro de toda a pandemia e onde o vírus começou.

Depois de mais de três meses afastados, os saudosos membros da equipa Wuhan Zall finalmente estão já pisam o solo da sua cidade natal“, disse a formação chinesa no Weibo, uma rede social semelhante ao Twitter.

A equipa do Wuhan Zall esteve retida em Espanha durante cerca de três meses, depois de aí ter chegado em janeiro, devido ao surto também se ter propagado em grande escala no território espanhol.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.