FC Porto comunica intenção de adiar reembolso de empréstimo obrigacionista para 2021

O aviso já havia sido feito por Fernando Gomes e a SAD do FC Porto comunicou mesmo à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que vai convocar uma Assembleia-geral de obrigacionistas com o intuito de alterar “os termos e condições das Obrigações FC Porto SAD 2017-2020, em particular da alteração da data de maturidade para 9 de junho de 2021“.

Quer isto dizer que os dragões convocaram uma Assembleia-geral de obrigacionistas para deliberar uma possível alteração da data do reembolso do empréstimo de 35 milhões de euros feito pelo clube, que passaria agora para o dia 9 de junho do próximo ano.

Esta intenção já havia sido avançada por Fernando Gomes, administrador financeiro da SAD portista, no domingo ao diário O Jogo, que explicou que a mesma se deveu ao estado atual do mercado e da economia do futebol.

O que faríamos normalmente seria o lançamento de um novo empréstimo obrigacionista no mesmo valor e com a mesma taxa [4,5%], que é bastante boa. Já fizemos sete e sempre tivemos procura bastante superior à oferta. Mas entendemos que o momento é demasiado incerto para tentarmos essa operação“, explicou o mesmo.

Caso o adiamento seja aceite, algo que Fernando Gomes afirmou esperar que aconteça com naturalidade, o clube irá assim dividir o pagamento em três fases, sendo a primeira feita em dezembro de 2020.

Eis o comunicado na integra:

A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD (“FCP SAD”), nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 17.º, n.º 1, do Regulamento (UE) n.º 596/2014, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de abril de 2014, no n.º 1 do artigo 248.º-A, vem informar o mercado de que o Conselho de Administração deliberou solicitar a convocação de uma assembleia geral de titulares de obrigações denominadas “FC PORTO SAD 2017-2020” com o ISIN PTFCPJOM0003, emitidas pela FCP SAD, com vista à alteração dos termos e condições das Obrigações FC Porto SAD 2017-2020, em particular da alteração da data de maturidade para 9 de junho de 2021, nos termos constantes da respetiva convocatória e da proposta a ser apresentada pelo Conselho de Administração, que serão publicadas nos websites da CMVM, da FCP SAD e em https://publicacoes.mj.pt/.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.