Wolverhampton quer Carlos Vinícius para suceder a Raúl Jiménez

O avançado mexicano da equipa mais portuguesa da Premier League tem vindo a ser apontado à saída, com vários tubarões a surgirem interessados, e o Wolves já terá definido o avançado do Benfica Carlos Vinícius como o substituto.

Segundo avança esta sexta-feira o diário desportivo nacional Record, a equipa comandada por Nuno Espírito Santo já definiu o avançado brasileiro como o escolhido para reforçar a frente de ataque e até já definiu o valor que pretende gastar para o contratar: 60 milhões de euros.

Esta não é a primeira vez que Carlos Vinícius é apontado ao Wolverhampton, depois de no verão passado, ainda antes de este ter rumado à Luz, o seu nome ter sido associado ao clube inglês. Na altura, a indispensável licença de trabalho para poder jogar em Inglaterra dificultou a sua mudança.

Contudo, a possível mudança de Vinícius para Inglaterra estará sempre dependente da saída de Raúl Jiménez, também ele com passagem pelo clube encarnada, que estará a ser seguido por vários colossos europeus, como, por exemplo, o Liverpool e o Real Madrid.

O agente Jorge Mendes estará muito atento às movimentações dos dois avançados e espera alguma margem negocial da parte do presidente do Benfica Luís Filipe Vieira, uma vez que a cláusula de rescisão de Carlos Vinícius está fixada nos 100 milhões de euros, tendo este contrato até 2024

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.