Equipas da Premier League autorizadas a voltar aos treinos esta terça-feira

A Premier League anunciou esta segunda-feira que os clubes do principal escalão inglês estão autorizados a regressar aos treinos a partir desta terça-feira, em sessões com pequenos grupos, sendo este considerado o primeiro passo para o regresso à competição.

Os acionistas da ‘Premier League’ votaram hoje por unanimidade que os clubes podem regressar aos treinos a partir da tarde de terça-feira. Só podem realizar treinos com um pequeno grupo de jogadores. Este é o primeiro passo para o recomeço da ‘Premier League’, que acontecerá quando for seguro“, pode ler-se no site oficial daquele organismo.

Apesar de este ser o primeiro passo a um possível regresso, a Premier League relembra que o protocolo aprovado não permite, para já, a existência de contacto nos treinos, e que todos os jogadores e treinadores têm de respeitar o distanciamento social.

O protocolo teve a aprovação dos jogadores, treinadores, médicos e do governo. A prioridade é a saúde e o bem-estar de todos os participantes. Por isso, um regresso seguro dos treinos que terá de ser feito passo a passo. Este é o primeiro passo“, acrescenta a publicação.

Outra novidade é o facto do próprio governo inglês ter esta segunda-feira apontado o regresso da principal divisão do futebol inglês para “meados de junho“. Contudo, reforçou que o “critério número um é a segurança pública“.

Tivemos reuniões muito produtivas com a federação (FA), com a liga de futebol (EFL) e a ‘Premier League’. Estamos a trabalhar muito para tentar voltar, apontando para meados de junho, mas o critério número um é a segurança pública“, afirmou Oliver Dowden, o secretário de estado do Desporto, em declarações à Sky Sports.

A Premier League foi interrompida no início de março, quando o Liverpool liderava o campeonato por 25 pontos. O regresso dos campeonatos em junho faz parte da segunda etapa do plano de desconfinamento do Reino Unido.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.