Sporting B vai jogar no Campeonato de Portugal

O Sporting já terá sido informado que na próxima temporada, 2020/21, a sua equipa B, que está prestes a ser relançada, irá jogar no Campeonato de Portugal.

Segundo avança esta quinta-feira o diário desportivo nacional O Jogo, a direção leonina terá sido na quarta-feira avisada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que a sua equipa B irá disputar o terceiro escalão do futebol português, o Campeonato de Portugal (CP), na próxima temporada “por mérito desportivo”.

Contudo, terá sido feita uma exigência ao Sporting para que a sua equipa secundária fique no CP: os leões terão que manter a sua equipa Sub-23 na Liga Revelação, assim como as restantes equipas de formação – apesar de estas últimas nunca terem estado em causa -, segundo avança a mesma fonte.

O Sporting criou pela primeira vez a sua equipa B na temporada 2011/12, tendo esta estado ativa durante seis temporadas. No entanto, em 2017/18, o então presidente Bruno de Carvalho optou pela não continuação desta equipa secundária, após a sua despromoção ao Campeonato de Portugal, apontando como causa os custos excessivos.

Já em setembro de 2018, o novo presidente dos leões, Frederico Varandas, assumiu cedo que um dos seus objetivos era a reativação da equipa B, numa altura em que era também criada a já referida Liga Revelação e, por consequência, a equipa Sub-23 leonina.

O processo parece estar bem encaminhada e o Sporting terá mesmo conseguido o objetivo da reativação antes do prazo previsto, que era a temporada 2021/22. Agora, os leões terão que encontrar soluções orçamentais que sustentem mais um projeto, indispensável para quem pretende apostar cada vez mais na formação.

Quanto a quem irá comandar esta nova equipa, têm surgido relatos nos últimos dias da forte possibilidade de esta ser assumida por Leonel Pontes, técnico atualmente no comando dos Sub-23 leoninos e que em 2019/20 já foi durante um curto período de tempo treinador interino da equipa principal.

 

Fonte da Imagem: Renascença

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.