Jardel e Grimaldo arriscam-se a não jogar mais esta época

A dupla defensiva do Benfica Jardel e Grimaldo lesionou-se na passada quarta-feira no jogo frente ao Portimonense, que acabou com um empate a duas bolas, e surgem agora relatos que estes correm mesmo o risco de não jogar mais esta época.

Segundo avança esta sexta-feira o diário desportivo Record, a dupla irá ser esta sexta-feira reavaliada, dois dias depois de se ter lesionado, contudo, o primeiro cenário aponta mesmo para que estes possam não jogar mais esta temporada.

No caso do lateral espanhol, o pior cenário, o de uma rotura de ligamentos, está já afastado, o que é uma boa notícia visto que essa é uma lesão cujo tempo de paragem ronda os seis meses. No entanto, a lesão aparenta ser um estiramento no joelho esquerdo e mesmo isso levará a uma paragem entre duas semanas e um mês (a ser confirmado após a realização dos exames).

Já o capitão das águias voltou a lesionar-se depois de ter passado grande parte da época fora dos relvados. Desta feita, o capitão das águias abandonou a partida em Portimão com queixas na perna direita e poderá estar também de fora mais duas semanas. A boa notícia em ambos os casos é que a opção de cirurgia parece estar colada de lado em ambos os casos.

A esta dupla ausência, junta-se ainda o castigo do lateral direito André Almeida, o que obrigará assim Bruno Lage a mudar quase na totalidade a sua defesa para o jogo frente ao Rio Ave, em Vila do Conde. Tomás Tavares, Nuno Tavares e Ferro deverão ser os eleitos para se juntar a Rúben Dias, o que poderá significar a utilização de uma defesa totalmente formada no Seixal.

 

Fonte da Imagem: Terceiro Anel

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.