Empresário esclarece situação de Nakajima no FC Porto

 Nakajima não treina com o plantel do FC Porto há quase um mês e a sua ausência tem motivado várias conjeturas. O empresário do japonês, Theo Ryuki, decidiu explicar ao jornal Record as razões que levaram a esse afastamento.

Ryuki afirmou que “não existe nenhum caso” com o japonês e que a sua ausência se deve ao facto de a mulher ser asmática e ter ficado sozinha em casa desde o início da pandemia. “O Nakajima ficou ligeiramente constipado, teve receio e ficou em casa com ela. É simples. O FC Porto está a par de toda a situação, não há nada mais do que isso”, esclareceu o empresário, acrescentando que o regresso do avançado pode estar para breve.

Em resposta às declarações de Sérgio Conceição, Theo Ryuki adiantou que o clube tem acompanhado o trabalho do atleta e desmentiu a existência de dívidas entre os “azuis e brancos” e o internacional nipónico.

“Percebi perfeitamente o que o Sérgio disse. Quando ele referiu que o caso está entregue à direção, significa que o Nakajima está a ser acompanhado por pessoas que pertencem à estrutura do clube, não há nada de estranho nisso. Ele tem feito a sua preparação em casa, conforme acontecia durante o período da pandemia, de forma a estar em boa forma quando regressar aos treinos com a equipa”, concluiu o representante.

Shoya Nakajima chegou à Invicta no início da presente temporada, tendo atuado em 28 partidas, nas quais marcou um golo e realizou três assistências. O atleta de 25 anos tem contrato com os “dragões” até  junho de 2024.

Rui Simão da Costa

Um jovem de 24 anos, natural de Coimbra, reunindo através do jornalismo desportivo, o gosto pela escrita e pelo futebol.