Sem clube, Gaitán pode estar de regresso a casa

Depois de no início do mês de junho Nico Gaitán ter terminado a sua ligação contratual com os franceses do LOSC Lille, devido à pandemia de Covid-19, o médio criativo argentino pode agora estar de regresso a casa.

Segundo avança esta terça-feira a Marca, o internacional pela albiceleste tem uma boa relação com Juan Román Riqueleme, vice-presidente do Boca Juniors e lenda do clube, podendo estar próximo um regresso ao clube onde este fez toda a sua formação, bem como a estreia enquanto profissional e de onde saiu, em 2008/09, para representar o Benfica.

Confirmando-se este regresso ao mítico clube de Buenos Aires, Nico Gaitán reencontraria dois bem conhecidos seus dos tempos de águia ao peito, o central Lisandro López e o extremo Eduardo Toto Salvio.

Enquanto jogador profissional, Gaitán totalizou 79 jogos e 13 golos marcados pelo clube xeneize, o que levou a que o Benfica gastasse oito milhões de euros na sua contratação. Depois de seis temporadas de águia ao peito, onde encantou os adeptos e a Europa do futebol, o médio argentino partiu para o Atlético de Madrid, onde não convenceu.

Em 2018 esteve ao serviço dos chineses do Dalian Pro e em 2019 ao serviço dos americanos do Chicago Fire, tendo chegado a meio desta temporada ao LOSC Lille, onde foi companheiro de Renato Sanches, Xeka, Tiago Djaló e Tiago Fonte. Agora, estando sem clube e podendo assinar por quem quiser, um regresso à Argentina ganha cada vez mais força.

 

Fonte da Imagem: LOSC Lille

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.