Lembra-se de Jamie Carragher, um “Red” uma vida inteira

Esta semana, o Liverpool conquistou a Premier League pela primeira vez, tornando-se campeão inglês pela primeira vez em 30 anos. Vários grandes jogadores durante esse período mereciam o prazer de levantar este troféu. Para além de Gerrard, haverá algum que mereça mais do que a lenda do clube, Jamie Carragher?

Quando recordamos os ícones de Liverpool dos últimos anos, nomes como Fernando Torres, Dirk Kuyt, Pepe Reina, Jersey Dudek e claro Steven Gerrard, entre muitos outros que serviram o clube inglês, sem o prazer de puder conquistar a Premier League.

Contudo, um herói talvez menos valorizado que certos ícones atacantes da história do clube é certamente Jamie Carragher. Um exemplo de dedicação à equipa de Merseyside com números impressionantes ao serviço dos reds.

O central inglês é um verdadeiro “scouser” (alcunha dada às pessoas da região do clube) formado no clube e unicamente ligado aos “reds” uma carreira inteira, desde 1995 até 2013, completando 737 jogos pelo Liverpool, com quatro golos marcados.

Imagem

Apesar de nunca ter conseguido levantar a Premier League, Carragher certamente teve a sua dose de sucesso no clube, conquistando uma Liga dos Campeões, uma Liga Europa, duas Supertaças Europeias, duas Taças de Inglaterra, cinco Taças da Liga e duas Supertaças Inglesas.

Um defesa consistente, eficaz e muito “duro” no que importava, Jamie Carragher foi durante anos um símbolo maior do Liverpool e um dos melhores centrais a atuar em Inglaterra, com 38 jogos ao serviço da sua seleção nacional.

Atualmente é um dos comentadores da Sky Sports, acompanhando o seu Liverpool já fora das quatro linhas e numa situação polémica pela sua participação nas celebrações do título recente do clube, quebrando as medidas de distanciamento social devido à pandemia do Covid-19.

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.