AFL indignada com final da Taça em Coimbra

É sabido que, este ano, a final da Taça de Portugal se irá jogar no Estádio Cidade de Coimbra, e a decisão é já definitiva, como foi, de resto, aqui noticiado. Tal medida acabou, no entanto, por levantar enorme contestação, pelo que a Associação de Futebol de Lisboa (AFL) não tardou a manifestar o seu desagrado, alegando que “a regra é só uma: a Final da Taça de Portugal é para ser disputada no Estádio Nacional”.

O comunicado foi emitido através das redes sociais da Associação e apresenta-se, de seguida, transcrito na íntegra:

“Final da Taça de Portugal é no Jamor!

Depois de no dia de ontem a Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado o Estádio Municipal de Coimbra como o palco definido para a disputa da final da Taça de Portugal, no próximo dia 1 de Agosto, a Associação de Futebol de Lisboa não pode deixar de lavrar o seu veemente lamento pela decisão ora tomada. Não só porque as razões que alegadamente fundamentaram esta deliberação, assentes nos requisitos impostos pela Direção-Geral de Saúde derivado do momento pandémico que estamos a atravessar carecem de justificações plausíveis – até porque o jogo se irá disputar à porta fechada, logo, tem o Estádio Nacional todas as condições físicas e de segurança para ali se poder realizar – mas também porque não podemos aceitar que o percurso normal da história da Taça de Portugal seja desta forma suspenso.

Desde 1946, dois anos após a sua inauguração, que o Estádio Nacional tem sido o local por excelência para o derradeiro jogo da Taça de Portugal, pese embora algumas exceções que se verificaram motivadas por razões que talvez ainda hoje estejam por conhecer, e que apenas vieram confirmar o velho ditado de que “a exceção confirma a regra”. E a regra é só uma: a Final da Taça de Portugal é para ser disputada no Estádio Nacional. É este o seu lugar por direito próprio. É por isso que a Associação de Futebol de Lisboa irá continuar a lutar, independentemente da origem dos clubes que a venham a disputar.

Que esta alteração agora concretizada seja apenas um momento. Fruto de outro momento. Que ninguém desejaria estar a viver.

A Taça de Portugal é de um país. De uma nação. Mas a sua casa é o Estádio Nacional. Inquestionavelmente. Como também é a Casa dos Adeptos. Do futebol. De todos os clubes.

Que seja apenas um até já!”

 

Fonte da Imagem: AFL – Associação de Futebol de Lisboa (Facebook)

Duarte Rosa

"Alfacinha" de gema, sportinguista de coração. Desde o clube à seleção nacional, o amor pela bola está presente desde cedo. A licenciar-se em Ciências da Comunicação, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, esta paixão pela escrita e pelo futebol forma uma dupla interessante, que espera vir a agradar aos seus leitores.